Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo
Calendário 2017:
Ano do Compromisso com a Palavra

O Pedido de Davi! – Salmo 51

Pr. Jacson Irio Andrioli

Quem foi Davi? Quando pensamos em Davi, logo nos vem a mente que ele era pastor de ovelhas, poeta, matador de gigante, rei e antepassado de Jesus ? em resumo, um dos maiores homens que a bíblia relata.   Mas,  existe uma outra relação junto a esta: Davi era um traidor, mentiroso, adúltero e assassino.

A primeira lista fornece as qualidades que todos nós gostaríamos de ter; a segunda, as que poderiam ser reais a nosso respeito.  A Bíblia não faz nenhum esforço para esconder os fracassos de Davi. Ele, apesar disso,  ainda é lembrado e respeitado por seu coração voltado para Deus. Quando aprendemos que compartilhamos mais dos fracassos de Davi do que de suas vitórias e proezas, deveríamos ficar curiosos para descobrir o motivo pelo qual o Senhor se refere a ele como “o homem segundo o meu coração”

“E, quando este foi retirado, levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade.” Atos 13.22

Davi escreveu este Salmo num dos momentos mais difíceis de sua vida! Estas palavras lhe vieram a mente logo após o profeta Natã o confrontar por causa de seu pecado com Bate-Seba, Davi manteve este “segredo” por um ano, inclusive tentou escondê-lo de Deus sem confessar seu pecado, e este ano foi o pior de sua vida, onde ele define como:

“Quando eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia.
Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. (Selá.)” Salmo 32. 3 e 4.

Muitas vezes tentamos esconder o que passa dentro de nossos corações e pensamentos, mas Deus sabe de tudo! Davi imaginava que seu pecado poderia ser escondido e o tempo o ajudariam a esquecê-lo, mas nada disso aconteceu, pelo contrário ele sofria a cada dia, imagino que suas noites eram repletas de pensamentos e porque não dizer pesadelos angustiantes.

1. A confissão de Davi (v. 1 ao 6)
A. Davi apela a Deus. Davi pede por misericórdia e não por justiça, baseou seu pedido na bondade e na benignidade do Senhor.
B. Davi reconhece seu pecado. Depois de ser confrontado não tinha como se esconder… Deus espera encontrar em nós este tipo de atitude, retidão e sinceridade. De nada nos adiantará esconder pecados e atitudes erradas das pessoas se Deus que é o nosso Pai celestial sabe de tudo o que se passa. Sem contar que para tentarmos nos esconder de Deus vamos ficando cada vez mais longe dele e nos tornamos frios espiritualmente, amargos e tristes.

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.”  I João 1. 9

2. A purificação de Davi (v. 7 ao 10)
Davi faz três pedidos ao Senhor, com o intuito de ser purificado e de se reconciliar com o Seu Criador e Senhor
a.  Remoção do pecado; v. 7 Hissopo ver Levíticos 14. 1 a 7
b. Restauração da Alegria v. 8 e 9
Quando passamos do estado de tristeza para a alegria, parece que o sol, o céu e as pessoas passam a ter uma nova cor, um brilho que nos enche os olhos e o coração. Quando nos reconciliamos com alguém é inundado nosso coração coma a alegria da amizade da proximidade do poder estar perto sem ter que esconder ou ser alguém que não somos.
c. Renovação do seu espírito v. 10
Davi que um coração limpo e reto, sem ter que se justificar, sem ter que usar de outros recursos para se esquivar.
Davi pedia por um coração que não viesse a ceder as tentações e as pressões do mundo!
Salmo 19. 7

3. As preocupações de Davi (v. 11 e 12)
Davi implora que o Espírito Santo não seja retirado dele e que Deus o torne disposto a obedecer-lhe. Davi desejava a purificação, precisava da sua alegria de volta e para tanto um coração novo se fazia necessário. O pecado é uma doença mortal e terrível que carece de todos estes remédios.

 “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.” Mateus 11.28

4. Davi assume um compromisso (v. 13 ao 15)
Davi se compromete diante de Deus em fazer três coisas, se Deus atender seu clamor…
a. Ensinar os caminhos de Deus aos demais pecadores, ser testemunha do que Deus pode fazer (v. 13)
b. Cantar a cerda do perdão de Deus (v. 14)
c. Louvar a Deus (v. 15)

Tal compromisso é visível, pois Deus lhe ouviu a oração e o sarou de seu pecado que corroía seus ossos. Somente depois da purificação é que Davi pode voltar a ser uma testemunha fiel das coisas de Deus.
Querido, muitas vezes não ligamos para pecados que carregamos, mas isso impede nosso fluir na presença de Deus, bem como em darmos nosso testemunho do que Deus fez e pode fazer em nossas vidas e através delas.
“Ah, mas foi algo muito sério que eu fiz!” ou “Eu fui muito ofendido e não posso perdoar!”…
Nós não temos o direito em nenhum dos exemplos de deixar de nos aproximar de Deus por causa de nossos sentimentos. Deus nos amou e deu seu filho Jesus para termos liberdade de acesso a Sua presença sempre e independentemente da situação ou do problema que enfrentarmos

5. A confiança de Davi (v. 16 ao 19)
a. Davi sabia que Deus poderia perdoar seus pecados (v. 16 e 17). Davi reconheceu que Deus queria dele um espírito quebrantado e um coração humilde;
b. Davi sabia que Deus poderia fortificar sua cidade (v. 18 e 19). Davi clama a Deus para que o Senhor reconstrua os muros da cidade, de modo que somente depois do Rei ter sua comunhão com Deus restaurada o culto no templo passou a ter valor.

Este Salmo pode nos ajudar muito em nossa caminhada de crescimento na Palavra, pois precisamos rever nossos pensamentos e atitudes todos os dias, pois se houver algum caminho mal em nosso coração Deus precisa reparar! E somente poderá ser reparado este caminho a medida que deixarmos o Senhor reinar em nós e ser o que comanda nossas vidas.

Davi precisou ser confrontado para aceitar o comando do Senhor. E nós? Lembrando que os pedidos de Davi foram simples em relação a Deus e seu pecado: Purificação;    Alegria; Espírito inabalável.

Todas as vezes que somos perdoados, um sentimento de alegria e alívio inunda nosso coração e nos dá a percepção de que estamos limpos, puros diante de Deus e dos homens, prontos para louvar ao Senhor com o coração puro e as mãos limpas.

“Aquele que tem as mãos limpas e o coração puro, que não recorre aos ídolos nem jura por deuses falsos. ”  Salmo 24.4

Aniversários do Mês:
OUTUBRO

01 - Kelly
04 - Maurício
05 - Mateus Fipke
08 - Noemi
09 - Mirian
09 - Sandra
11 - Ana Paula
13 - Plínio Filho
16 - Malcon
21 - Meri
22 - Marcilene
22 - Carlos K.
23 - Rosana
24 - Lorena
27 - Vanessa
29 - Ana Paula K.
31 - Taty
Eventos do mês:
08/10 - Almoço Comunitário- 12:30 horas, R$ 22,00 por pessoa.
12/10 - Festa das Crianças - Das 14:00 às 17:00 horas.
21/10 - Café Colonial - 14:30 horas - R$ 25,00 por pessoa.
Datas comemorativas:
12 - Dia das Crianças
15 - Dia dos Professores
31 - Reforma Protestante
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2015:
34.165 visitantes
45.895 visitas

Ano de 2016:
61.631 visitantes
93.210 visitas
Visitantes hoje: 127
Usuários Online: 1
Seu IP: 54.157.81.13