Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

Deus sempre faz mais…

Pr. Jacson Irio Andrioli

Sempre temos a tendência de diminuir o poder de Deus diante das dificuldades… Sempre acabamos achando que Deus nos esqueceu…  Na maioria das vezes imaginamos que Deus não ouve nossas orações…

O povo de Israel quando estava andando pelo deserto, logo após ter sido liberto das mãos escravizadoras dos Egípcios, sentiu sede…

Quero te convidar a fazer a leitura do seguinte texto: Êxodo 17:1-7

1 O povo de Israel saiu do deserto de Sim, caminhando de um lugar para outro, de acordo com as ordens de Deus, o SENHOR. Eles acamparam em Refidim, mas ali não havia água para beber.
2 Então reclamaram contra Moisés e lhe disseram: —Dê-nos água para beber. Moisés respondeu: —Por que vocês estão reclamando? Por que estão pondo o SENHOR à prova?
3 Mas o povo estava com muita sede e continuava reclamando e gritando contra Moisés. Eles diziam: —Por que você nos tirou do Egito? Será que foi para nos matar de sede, a nós, aos nossos filhos e às nossas ovelhas e cabras?
4 Então Moisés clamou pedindo a ajuda de Deus, o SENHOR. Ele disse: —O que é que eu faço com este povo? Mais um pouco, e eles vão querer me matar a pedradas.
5 O SENHOR disse a Moisés: —Escolha entre eles alguns líderes e passe com eles na frente do povo. Leve também o bastão com o qual você bateu no rio Nilo.
6 Eu estarei diante de você em cima de uma rocha, ali no monte Sinai. Bata na rocha, e dela sairá água para o povo beber. E Moisés fez isso na presença dos líderes do povo de Israel.
7 Então deram àquele lugar os nomes de Massá e de Meribá, pois os israelitas reclamaram contra Moisés e puseram o SENHOR à prova, perguntando: —O SENHOR está com a gente ou não?

Esta é uma pequena parte da história do povo de Israel, eles haviam sido libertos por Deus da escravidão a pouco tempo, tinham presenciado grandes feitos do Senhor.Tinham visto o mar se abrir onde passaram por meio de duas paredes de água e saíram do outro lado com os pés secos, (Ex. 14.22), pouco tempo depois sentiram fome e o Senhor lhes enviou o maná, uma espécie de pão que caia do céu todas as manhãs (Ex 16), mas agora estavam com sede.

Imaginamos que eles poderiam ter falado com Moisés de outra forma, pedindo água, pois já tinham provas o suficiente de que Deus os estava cuidando, mas não agiram assim…

 1. A queixa x a repreensão (v. 2 e 3)

O povo vê que todos estavam na mesma situação, faltando água para eles e seus animais, e simplesmente vão até Moisés e se queixam dizendo:     “por que nos trouxe do Egito, para nos matares de sede…?”

Moisés deve ter ficado surpreso com tanta estupidez na fala destes homens, bem como com tanta ingratidão. Deus os havia livrado da escravidão, provido proteção do sol, das feras do campos com a nuvem e com as colunas de fogo durante a noite, também os alimentava, mas eles preferiram colocar a culpa em Moisés!
Me parece que neste momento a liberdade era o que menos importava e sim a água e o alimento que recebiam de seus antigos senhores.

Moisés lhes diz: porque contendeis comigo?, em outras palavras Moisés estava dizendo, o que eu tenho a ver com isso? Só fui enviado para libertar vocês dos Egípcios! Muitas vezes preferimos colocar a culpa sobre outras pessoas e não assumirmos a nossa incredulidade e descrença no poder de Deus ou para justificarmos uma falha nossa.

Me vem ao coração um sentimento de que estes Israelitas eram bem incrédulos, mas vejo que sou assim também.
Já vi tantas coisas grandiosas de Deus e ainda assim pergunto: Onde está Deus? Esqueceu-se de nós?

2. Deus sempre faz mais… (v. 5 e 6)

Apesar de toda nossa falta de fé, Deus fez algo em favor do povo!Orientou a Moisés para levar sua vara e ir ao monte Horebe, para que ao chegar lá batesse com a vara em uma rocha, pois dela faria brotar água.

Queridos, ele também vem ao nosso encontro, mesmo quando nos queixamos, mesmo quando não temos fé, mesmo quando temos dúvida. Meu objetivo é levá-lo a olhar para Deus não com as reclamações e lamentos, mas com gratidão.Olhe para sua vida e veja o quanto Deus fez, está fazendo e vai fazer.

Leia Efésios 3: 20-21

20 E agora, que a glória seja dada a Deus, o qual, por meio do seu poder que age em nós, pode fazer muito mais do que nós pedimos ou até pensamos!
21 Glória a Deus por meio da Igreja e por meio de Cristo Jesus, por todos os tempos e para todo o sempre! Amém!

Este versículo que Paulo escreve nos dá a percepção da grandeza e das intenções de Deus, que é fazer infinitamente mais do que pedimos e pensamos.

    Conclusão:

Perceba que não há motivos para reclamar, mas há muitos motivos para agradecer… Como não louvar a Deus por tudo o que fez e fará em nossas vidas?

Aniversariantes:
SETEMBRO:
02/09 - Diego
02/09 - Fernanda
08/09 - Fran
13/09 - Simone Jéssica
13/09 - Josefina
20/09 - Carlos Roberto
21/09 - Valdi
21/09 - William B.
22/09 - Silmara
26/09 - Boniek

DATAS COMEMORATIVAS:
07/09 - Independência do Brasil
15/09 - Aniversário de Ponta Grossa
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 5
Usuários Online: 1
Seu IP: 107.20.10.203