Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

Enfrentando as tempestades da vida!

Pr. Marcos Antonio Costa Ribeiro

Quero te convidar a fazer uma retrospectiva da sua vida no último ano, talvez uma retrospectiva da sua vida até os dias de hoje: Quais seriam os fatos mais marcantes, aqueles que seriam as notícias da chamada do programa no intervalo do fantástico, do jogo de futebol. Quanto a esses fatos classifique-os de maneira que sejam eles situações agradáveis, mas também adversas, complicadas, difíceis…

No ano passado na igreja em Ponta Grossa foi feita uma caixinha onde nós colocamos metas, desejos e objetivos que gostaríamos de alcançar durante o ano:

Talvez ter mais intimidade com Deus, buscar mais as coisas de Deus, resolver alguma pendência que talvez tivesse com uma outra pessoa, alguém da família, dar mais atenção pra minha família, ter um filho… Foi uma ideia muito legal porque durante um ano muita coisa acontece,  e será que lembramos daquilo que queríamos no inicio do ano?

Nós tínhamos expectativas para o ano que iniciava. Planos, sonhos… Alguns foram realizados, outros não, PORÉM, nenhum deles passou despercebido diante de Deus. Deus sabia e sabe exatamente tudo que eu e aqueles irmãos precisamos e buscamos, algumas coisas ele deu e outras não. Um pai faz isso com o seu filho não é verdade? Às vezes o pai pode dar e às vezes não pode, talvez nem queira dar pelo bem do seu próprio filho. Deus faz assim com a gente também. Ex: um vídeo game pode ser bom ou ruim…

Onde estou querendo chegar meus irmãos. Eu quero dizer que olhando para a retrospectiva da nossa vida no ano de 2015 percebemos que navegamos em alguns momentos por águas tranquilas, calmas, serenas… E em outros momentos passamos por mares revoltos, tempestades e a nossa vida dá uma chacoalhada, talvez por vezes as águas eram muito maiores que o nosso barco, ao ponto de pensarmos que CHEGOU O FIM.

É justamente sobre essas TEMPESTADES que eu quero falar com vocês esta noite. As tempestades definitivamente não são algo fácil e uma coisa nós devemos ter claro em mente: Há momentos de dificuldade em nossa vida. Isto é fato meus irmãos, claro que há momentos que não precisamos passar se vivermos de acordo com aquilo que Deus quer, mas há vezes que mesmo andando com Deus, ele permite certas situações em nossa vida.

A QUESTÃO É: Como encaramos essas situações? Existem circunstâncias que Cristo usa para nos ensinar alguma coisa. Foi esse assunto que Deus colocou no meu coração e eu queria compartilhar com os irmãos.

A DIDÁTICA DE JESUS NOS ENSINA COMO ENFRENTAR AS TEMPESTADES DA VIDA.

Mas espera aí, isso corresponde ao fato de que o sofrimento em nossas vidas pode ser bom,  nos ajudar? SIM.Como entender que tais circunstâncias podem nos ajudar?

LEITURA DO TEXTO / CONTEXTO: Marcos 4.35-41

O evangelho de Marcos foi escrito para os crentes justamente em um momento que era difícil viver o cristianismo naquele lugar. Era muito difícil para aqueles dizer “eu sou cristão”. Isso é diferente nos dias de hoje? O evangelista então insere esse pequeno parágrafo com o propósito de mostrar para os seus leitores a reação que deveriam ter diante do sofrimento e o que deveriam aprender com isso. Essa história serviria como um aprendizado para os leitores originais do Evangelho de Marcos e da mesma forma serve para nós nos dias de hoje.

Mas antes de entrarmos em detalhes eu quero criar nas nossas mentes o cenário em que isso se passou, e eu pergunto pra vocês:

  • Alguém de vocês já andou de barco? (Ex: Pilotando barco, você tem que conhecer muito, onde tem a água mais profunda, tem que cuidar para não enroscar o barco, bater).
  • Já imaginou pilotar um barco em meio a uma tempestade no mar?  Seria comum para nós ficarmos com medo ou entrarmos em pânico em meio a uma tempestade. A água está tomando conta do navio, entrando por todos os compartimentos, você está a quilômetros de distância de uma porção de terra.

Queridos, estou exemplificando aqui citando a minha vida, pescador no máximo de pesque-pague ou beira da ponte, mas aqui não se tratam de leigos em navegação, mas sim de alguns homens entre aqueles que eram pescadores experientes (não todos – SIMÃO PEDRO; TIAGO; JOÃO; FILIPE; TOMÉ). Pessoas acostumadas a navegar, acostumadas com as tempestades, a pilotar um barco em situações como essa, mas mesmo assim ficaram com medo.Ex: piloto experiente que acho que o barco iria afundar.

Conseguem visualizar um pouco do cenário que tudo aconteceu? Agora me respondam outra pergunta. Será que Jesus sabia a respeito dessa tempestade? Claro que sim!

Dentro ainda da construção desse cenário quero dar atenção a alguns detalhezinhos que fazem toda a diferença.

1ºV.36 OS BARQUINHOS: Leiam pra mim mais uma vez o v.36.Outros barcos seguiam ao que estava Jesus e seus discípulos. Sim, mas que diferença isso faz? FAZ TODA A DIFERENÇA!!! É possível no texto original observar a diferença das palavras usadas para se referir ao barco. A palavra no grego usada para barco (ploion) em que Jesus estava corresponde a um navio, e eu quero ilustrar aqui com alguns barcos que eu vi lá no estágio. (UM BARCO GRANDE) enquanto a palavra que se refere a estes outros barcos (ploiarion) representa o um barco de pequeno porte, um “bote”(UM BARCO MENOR).

Aqui já é um pensamento meu, se a tempestade assolava um navio, você imagina o que ela iria fazer com um bote? Ao que me parece, pelo fato do texto não mencionar mais estes outros barcos, quando estes viram a tempestade, fizeram meia volta e pensaram “volta que a coisa está ficando preta”.

2º Jesus fez uma promessa aos seus discípulos “Passemos para a outra margem”:Nós sabemos que Jesus não mentiria aqueles homens, muito menos chegaria onde eles estavam e diria, “pois é, não deu, choveu…”.

Queridos, observando todos estes detalhes eu fico maravilhado com a DIDÁTICA DE JESUS, SUA FORMA DE ENSINAR NAQUELE MOMENTO…

Jesus não somente sabia o que aconteceria naquele lugar, mas sim levou os seus discípulos para aquela tempestade porque ele tinha algo a ensinar para eles. Especificamente para eles.

Ele queria que somente os seus discípulos estivessem lá naquele lugar, naquele ambiente, naquele momento. Sendo assim os barquinhos menores que o seguiam ao ver a tempestade fizeram a meia volta.

Jesus “levou” os seus discípulos para uma grande tormenta, e mesmo diante de tão grande tormenta, Jesus estava dormindo. Então aqueles homens desesperados acordaram a Jesus e dizendo “Mestre, não te importa que morramos”? A fé daqueles homens esta abalada pela força das águas, do vento! Mesmo depois de já ter caminhado por um tempo com Jesus e visto todos aqueles milagres ainda tinha algo que Jesus precisava ensiná-los. Então Jesus se levanta e repreende a tempestade que no mesmo instante se aquietou.

Conseguem compreender a didática de Jesus? Como ele faz uso de situações adversas pra ensinar? Ele fez uma promessa aos seus discípulos “passemos a outra margem”, entretanto se não houvesse tempestade ele cumpriria a sua promessa da mesma forma, MAS O ENSINO TRANSMITIDO NÃO SERIA O MESMO.

Da mesma forma Jesus agiu com os discípulos na ressurreição de Lázaro (Jo4). As irmãs de Lázaro diante de sua enfermidade mandaram dizer a Jesus “Senhor, aquele a quem amas está doente (v.3)”. Jesus havia dito aos seus discípulos que Lázaro havia adormecido e que ele iria até lá para acordá-lo, mas estes não entendem. Versos 14,15 então dizem:Então lhes disse claramente: “Lázaro morreu,e para o bem de vocês estou contente por não ter estado lá, para que vocês creiam. Mas, vamos até ele. Jesus poderia sim ter curado Lázaro de onde ele estava como ele fez com o servo do oficial romano em Mt 8, porém, ele já havia curado várias pessoas.Ele usa de uma didática diferenciada permitindo a adversidade de maneira a ensinar aos seus discípulos e os que estavam ao seu redor que Ele também É SENHORSOBRE A MORTE, RESSUSCITANDO LÁZARO.

Situações difíceis dentro de uma retrospectiva de VIDA, mas…

A DIDÁTICA DE JESUS NOS ENSINA COMO ENFRENTAR AS TEMPESTADES DA VIDA.

O que ele queria ensinar para os discípulos?O que aqueles leitores originais do Evangelho de Marcos tinham para aprender? E também nós, quais lições podemos aprender com este ensino de Jesus Cristo?Olhando para esses versículos eu convido você a olhar junto comigo algumas lições que podemos aprender…

Ele sabe de todas as coisas– Deus sabia sobre as perseguições que os leitores de Marcos enfrentavam. Deus sabe hoje que “SER CRISTÃO, SER CRENTE”via de regra significa ser o certinho, aquele que fica de fora da rodinha, o careta que não fala palavrão, que não conta piadas sujas ou de duplo sentido, que não ouve as músicas que todo mundo gosta, o certinho que não faz fofoca, que não passa a perna na empresa, no governo para benefício próprio… Queridos, porque Deus nos permite passar por isso!??? PORQUE ELE SABE DE TODAS AS COISAS E TEM UM PROPÓSITO PARA A VIDA DE CADA UM DE NÓS!!!Nada disso passa despercebido diante de Deus…

Existe uma lei, que na verdade é como um dito popular chamado: “Lei de Murphy”. Este diz o seguinte: “Se alguma coisa pode dar errado, dará”.Exemplos:

  • O pão sempre cai com a margarina para baixo;
  • Tudo leva mais tempo do que todo o tempo que você tem disponível.
  • Um atalho sempre é a distância mais longa entre dois pontos;
  • Quando te ligam: a) se você tem caneta, não tem papel. b) se tem papelnão tem caneta. c) se tem ambos ninguém liga.
  • As peças que exigem maior manutenção ficarão no local mais inacessível do aparelho;
  • A fila do lado da sua sempre vai andar mais rápido…

São situações pequenas que talvez sejam exatamente assim e NOS TIREM DO SÉRIO. Como reagimos diante delas? Esquecemos que Deus sabe de todas as coisas…

ATÉ AQUI ESTOU FALANDO DE COISAS PEQUENAS. Entretanto as tempestades se manifestam de inúmeras formas, às vezes maiores do que esperamos. Seja em uma situação financeira, familiar, de saúde. Como nós reagimos?

Exemplo: Perder um filho…Você cria uma expectativa, compra roupinhas, fala pra todos, faz planos, sonhos…

Em Romanos 8.28,29 Paulo fala que “Todas as coisas cooperam para o bem”. A versão NVI traz da seguinte forma. Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito”.NESTE MOMENTO NÃO HOUVE CONFORTO MAIOR DO QUE SABER QUE DEUS SABE DE TODAS AS COISAS. Quando Jesus dormiu naquele barco Ele não perdeu o controle da situação e da mesma forma eu sei que Ele não estava dormindo quando algo ruim acontece!

TUDO o que acontece na vida daquele que AMA a Deus é para o bem, INCLUSIVE E EXCLUSIVAMENTE ESTES MOMENTOS. As coisas boas são para o bem, as coisas ruins, também são para o bem. Deus sabe exatamente o que acontece nas nossas vidas e ele permite que elas aconteçam para que a cada dia sejamos moldados a imagem de Cristo, mais e mais parecidos com Ele.

Ex: Enfermidades.

Outro texto importante nessa reflexão é o de Tiago 1.2-4:

Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações,pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança.E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma.

JESUS ESTÁ NO CONTROLE! Ainda podemos aprender que…

Ele pode levar a um ponto onde não podemos mais controlar – Aqueles homens, pescadores experientes, logo se viram diante de uma tempestade que ultrapassava as suas capacidades, e logo se viram inúteis e desesperados.

 Sabe aquele momento em que pensamos que éramos capazes… Ex: Conselhos quando comprei uma moto. SE NÃO ATENTO A DETALHES COMO ESSE PASSO A CONFIAR NA MINHA HABILIDADE E NÃO EM DEUS.

Jesus nos levaàs vezes ao ponto onde não podemos controlar, assim como aqueles pescadores. E como é fácil perdermos o foco e nos deixarmos levar por um sentimento de que “eu posso e sou capaz”.

Se eu te perguntar onde está baseada a sua segurança hoje qual seria a sua resposta? No meu lar, na minha escola, no meu trabalho, na minha futura carreira acadêmica.Fazer planos é saudável, o problema é quando nos apegamos tanto a isso que já não ouvimos mais a voz de Deus e não damos importâncias para as coisas Dele.

O livro de Jó mostra bem essa ideia. Deus permitiu que o Diabo tirasse tudo dele, inclusive a sua saúde, mas não a sua vida. De uma hora pra outra a vida de Jó foge ao seu controle. Mas no capítulo 19, verso 25 Jó revela onde está a sua segurança quando diz Eu sei que o meu Redentor vive, e que no fim se levantará sobre a terra. No final em Jó 42.10 o texto diz que o Senhor o tornou novamente próspero e lhe deu em dobro tudo o que tinha antes.

Se eu confio que somente aquilo que eu disse antes tem me dado segurança hoje. CUIDADO! O fato de Deus deixar as coisas chegarem a esse ponto não significa que Jesus não se importa conosco, o caso é que ele tem um propósito (Rm 8.28b “chamados de acordo com o seu propósito) e ELE ESTÁ NO CONTROLE.

Por mais que a situação pareça perdida, JESUS ESTÁ NO CONTROLE, não eu. Além disso, outra lição que esse texto nos ensina é que…

Ele é Deus e revela-se aqueles homens– Jesus fala as palavra “acalma, emudece” e a tempestade acalmou na hora. A hora que o criador deu a voz de comando, a criação ouviu e fez-se grande bonança.Colossenses 1.16,17:

“Pois nele (Jesus) foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos ou soberanias, poderes ou autoridades; todas as coisas foram criadas por ele e para ele.Ele é antes de todas as coisas, e nele tudo subsiste”.

JESUS É DEUS, ELE QUER MOSTRAR ISSO TANTO PARA OS DISCÍPULOS E MOSTRA ISSO PARA NÓS TAMBÉM!Ele pergunta, porque vocês estão com medo? Como é que não tendes fé? A confiança de que ele é soberano e ESTÁ NO CONTROLE de todas as coisas faz com que o medo se vá.

Jesus queria se mostrar como Deus para aqueles homens. Quem é esse que domina até mesmo sobre a natureza?O PRÓPRIO DEUS! JESUS ESTÁ NO CONTROLE!

“No mundo vocês terão aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo” (Jo 16.33). Meu desejo é que você nessa noite saia daqui encorajado a confiar que DEUS É SOBERANO E ESTÁ NO CONTROLE DAS NOSSAS VIDAS. Sabemos que ele não está dormindo e que em algumas circunstâncias ele usa sim de sua didática em situações difíceis da nossa vida para nos ensinar. Que possamos olhar para situações como essas não perguntando a princípio o“por que?” mas sim o“para que?”.Talvez não tenhamos todas as respostas, mas uma das respostas nós já temos, Deus quer que sejamos mais parecidos com Cristo como diz em Romanos e permite que situações como essa sejam uma forma de glorificarmos a ele mesmo em meio as provações.

Que na retrospectiva da sua vida até aqui você possa olhar para as situações que já foram e que ainda virão com o olhar de que JESUS ESTÁ NO CONTROLE, glorificando e exaltando o nome do nosso Deus em toda e qualquer situação!

Aniversariantes:
MAIO:
02/05 - Rose
07/05 - Bertha
15/05 - Calebe
16/05 - Beatriz J.
17/05 - Ernesto
23/05 - Igor
25/05 - D. Margarida
26/05 - Eduarda
27/05 - Vanilda
28/05 - Karen
28/05 - Lucas
28/05 - Leandro

DATAS COMEMORATIVAS:
01/05 - Dia do Trabalhador
12/05 - Dia das Mães
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 41
Usuários Online: 1
Seu IP: 54.146.98.143