Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

Vivendo por Fé

Pr. Jacson Irio Andrioli

No dia 31 de outubro de 1517,  o então Padre Martinho Lutero publicou suas 95 teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg na Alemanha. Protestou contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana, propondo uma reforma no catolicismo romano. Os princípios fundamentais da Reforma Protestante de modo geral são conhecidos como os Cinco Solas, sejam eles pensados por Lutero ou por Calvino.

  1. Sola fide (somente a fé)
  2. Sola scriptura (somente a Escritura)
  3. Sola Christus (somente Cristo)
  4. Sola gratia (somente a graça)
  5. Soli Deo glória (glória somente a Deus)

Suas 95 teses foram espalhadas pela Europa em menos de um mês. Foi processado por heresia pela Igreja Católica, excomungado e exilado por um ano. Mas já era tarde, a população começava a apoiar Lutero e até alguns padres e freiras entraram nessa rebelião ideológica a favor dele. Essas teses condenavam a “avareza e o paganismo” na Igreja, e pediam um debate teológico sobre o que as indulgências significavam.

Alguns conflitos armados aconteceram, em resposta às questões sociais. Martinho Lutero chegou a ser convocado para “desmentir” suas teses, mas no lugar disso, ele continuou defendendo-as e pedindo por uma reforma. O resultado da Reforma Protestante foi a divisão da chamada Igreja do Ocidente entre os católicos romanos e os reformados ou protestantes, originando o protestantismo.

Em outras palavras, o povo podia se relacionar com Deus sem o intermédio da igreja, bem como viver por fé e, Jesus Cristo.

O versículo que gerou toda a situação é:

“Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: “O justo viverá pela fé”. (Romanos 1:17)

Mas,  também vemos repetições:

É evidente que diante de Deus ninguém é justificado pela lei, pois “o justo viverá pela fé”. (Gálatas 3:11)

 Escreva: “O ímpio está envaidecido; seus desejos não são bons; mas o justo viverá pela sua fidelidade. (habacuque 2:4)

 “Mas o meu justo viverá pela fé. E, se retroceder, não me agradarei dele” (Hebreus 10:38)

  O que isto significa???

“A fé é indispensável a todos que se doam ao Senhor, pois sem fé é impossível agradar a Deus.” (Hb 11.6)

O que é viver pela fé? Viver pela fé é simplesmente “Perder a vida”! Jesus nos disse:

“… quem perder a sua vida por minha causa, achá-la-á.”(Mt 16.25).

Aqui está o grande segredo da vida cristã, viver pela fé, é perder a vida por Jesus! Como?  Abandonando o pecado, que separa o homem do Senhor.

Por isso digo: vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam. Mas, se vocês são guiados pelo Espírito, não estão debaixo da lei.  Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus. (Gl 5.16-21).

Mas para aqueles que queiram viver pela fé cabe uma decisão: Aceitar viver em segundo plano e oferecer o primeiro lugar de suas vidas ao Senhor.

“Buscai, pois em primeiro lugar o reino de Deus” (Mt 6.33).

Esta nova forma de vida adquirimos convivendo com o Senhor todos os dias, obedecendo seus ensinamentos, praticando o amor a Deus e ao próximo, levando em conta a Palavra de Deus e as instruções do Espírito Santo.

E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. De modo que, de agora em diante, a ninguém mais consideramos do ponto de vista humano. Ainda que antes tenhamos considerado a Cristo dessa forma, agora já não o consideramos assim. Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas! (II Coríntios 5.15-17)

“No Antigo Testamento é dito a nós, em referência a Abraão, que “ele acreditou no Senhor; e o Senhor lhe contou isto por justiça” (Genesis 15:6). Este é o plano universal de justificação. A fé está abraçada à justiça de Deus em aceitar o plano de justificação de pecadores por meio do sacrifício de Cristo – e ela faz do pecador um justo.” (Charles Spurgeon).

Irmãos,  se você já é uma nova criatura, viva diariamente a fé buscando a santidade e a pureza e certamente verás o que Deus faz através de uma pessoa que se santifica. Lembre-se:”Viver pela fé é uma questão de vida e é para todos!”

A simples fé implica uma disposição de alma para confiar noutra pessoa. A fé difere da crença porque é uma confiança do coração e não apenas uma aquiescência intelectual.  A fé religiosa é uma confiança tão forte em determinada pessoa ou princípio estabelecido, que produz influência na atividade mental e espiritual dos homens, devendo, normalmente, dirigir a sua vida. A fé é uma atitude, e deve ser um impulso. A fé cristã é uma completa confiança em Cristo, pela qual se realiza a união com o Seu Espírito, havendo a vontade de viver a vida que Ele aprovaria.

Não é uma aceitação cega! A fé é descrita como “uma simples, mas profunda confiança Naquele que de tal modo falou e viveu na luz, que instintivamente os Seus verdadeiros adoradores obedecem à Sua vontade, estando mesmo às escuras”. A mais simples definição de fé é uma confiança que nasce do coração.
* Alguns trechos da mensagem “O justo viverá pela fé”:  www.vivos.com.br

Mais alguns motivos para exercitarmos nossa fé:
1.    Porque é o meio para alcançarmos a salvação. – Efésios 2.8 e 9;
2.    Porque ela é o nosso escudo. – Efésios 6.16;
3.    Porque nos ajuda a vencer o mundo. – I João 5. 4 e 5;
4.    Porque por meio dela compreendemos a obra de Deus. – Hebreus 11.3
5.    Porque sem ela é impossível agradar a Deus. – Hebreus 11.6;
6.    Por meio dela alcançamos as promessas de Deus. – Hebreus 11.1.

Aniversariantes:
SETEMBRO:
02/09 - Diego
02/09 - Fernanda
08/09 - Fran
13/09 - Simone Jéssica
13/09 - Josefina
20/09 - Carlos Roberto
21/09 - Valdi
21/09 - William B.
22/09 - Silmara
26/09 - Boniek

DATAS COMEMORATIVAS:
07/09 - Independência do Brasil
15/09 - Aniversário de Ponta Grossa
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 36
Usuários Online: 1
Seu IP: 34.207.146.166