Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

Amor que Serve – Parte II

Pr. Jacson Irio Andrioli

Dando sequência na série de mensagens, nesta noite vou falar novamente sobre o “Amor que Serve“.  O servir na vida do Cristão não pode ser visto como uma obrigação ou como um peso, pelo contrário quanto mais eu conheço de Jesus passo a ter vontade de me envolver na obra de Deus,  seja dentro ou fora da igreja.

Mas,  de nada adianta querer fazer algo sem ter a capacitação que vem do Senhor. Como já falamos no domingo passado, somos membros do mesmo corpo e cada um tem uma função específica e pode desenvolver esta função com a força e capacitação que vem do alto. Os dons são capacitações dadas por Deus para que o Seu Reino avance, tendo como principal objetivo a vida em comunidade e o bem de todos.

Vamos ler alguns versículos que nos ajudarão a entender melhor o amor que serve:

7 O fim de todas as coisas está perto. Sejam prudentes e estejam alertas para poder orar. 8 Acima de tudo, amem sinceramente uns aos outros, pois o amor perdoa muitos pecados. 9 Hospedem uns aos outros, sem reclamar. 10 Sejam bons administradores dos diferentes dons que receberam de Deus. Que cada um use o seu próprio dom para o bem dos outros! 11 “Quem prega pregue a palavra de Deus; quem serve sirva com a força que Deus dá. Façam assim para que em tudo Deus seja louvado por meio de Jesus Cristo, a quem pertencem a glória e o poder para todo o sempre! Amém!” (I Pedro 4. 7-11)

1.    Retrato de nossos dias (V. 7 a 9)
Nossos dias tem nos trazido a impressão de que o fim está próximo. Vemos as atitudes das pessoas, nos assustamos com os acontecimentos globais e tudo o que permeia as verdades bíblicas e o fim dos tempos, para isso cabem alguns alertas:

a)    Fique alerta, nós conhecemos o futuro (Mateus 24. 42 a 46);
b)    Vigilantes em oração para não cair em tentações (Mateus 26. 41);
c)    Tenha amor intenso afim de promover e receber encorajamento mútuo.

A Hospitalidades é um tipo de serviço, mas quando realizado sem murmuração!

2.    O Exercício dos dons (V. 10 e 11)
É necessária a observância e obediência de alguns critérios para exercer os dons e muita disposição, veja:

  • a)    Servir

É uma atitude nobre, porém difícil de exercitar, pois temos que nos colocar a disposição de outros. Jesus nos ensinou a respeito de servir em sua Parábola dos Talentos (Mateus 25. 14-30). O que Ele nos confiou é preciso ser cuidado e multiplicado.
Aquele que deseja servir no Reino de Deus coloca seus dons (capacidade dada por Deus para exercermos tal função ou tarefa) a serviço do Senhor e do Corpo de Cristo.
Leituras Complementares: Gálatas 5. 13, I Coríntios 12.7, Marcos 10.45
Quando nos dispomos a servir a Deus e ao próximo estamos nos entregando à evangelização e a edificação das pessoas.

  • b)    Fidelidade (I Coríntios 4. 1-2)

O despenseiro é aquele que cuida da despensa do rei, dos mantimentos do rei. Ser fiel significa reconhecer que o que temos não é nosso, não nos pertence, pois foi nos dado por Deus para ser usado para a honra d’Ele em tudo.
Você tem honrado a Deus com as coisas que tem?
Você tem sido fiel em tudo? A Deus?    A Palavra?  A você mesmo?   A sua família?  A sua igreja?     A seus líderes?
Seu ministério só será frutífero se houver fidelidade nestes pontos, caso contrário algo não vai fechar!

  • c)    Adoração

Os dons são concedidos por Deus, não para conseguirmos vantagens com eles, mas para cumprirmos sua vontade em benefício de todos. No versículo 11 lemos  “Se alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus”, oráculos se refere às escrituras, o sentido seria: Fale como se as palavras fossem de Deus.
Em tudo o que o servo falar Deus é adorado, Deus é exaltado, Deus é engrandecido e glorificado.
Leia: Colossenses 3.17;   I Coríntios 10.31;   João 5.44

  • d)    Dependência

Se formos tentados a depender somente de nossas habilidades e conhecimentos pouco produziremos de espiritual em nossas vidas e na vida de outros. Sendo assim,  eu e você, para sermos eficazes em nossa tarefa de evangelizar e edificar vidas precisamos assumir que dependemos de Deus em tudo.
Para ler: Romanos 11.36;  Filipenses 2.13;  Coríntios 15.10;   II Coríntios 4.7

Conclusão:

Os dons espirituais em ação são importantes para Deus, para a Igreja e para o cristão individualmente. Nossa tarefa é descobrir, desenvolver e usar nosso dom, afim de que o Reino seja expandido e pessoas sejam bem cuidadas!

Servir a Deus e aos outros envolve:

  • Amor intenso;
  • Disposição de servir;
  • Fidelidade;
  • Honra somente ao Senhor, pois é dele que vem a força que nos capacita a executarmos nossas tarefas, afim de que todos sejam beneficiados e abençoados com o crescimento e edificação.

Aniversariantes:
SETEMBRO:
02/09 - Diego
02/09 - Fernanda
08/09 - Fran
13/09 - Simone Jéssica
13/09 - Josefina
20/09 - Carlos Roberto
21/09 - Valdi
21/09 - William B.
22/09 - Silmara
26/09 - Boniek

DATAS COMEMORATIVAS:
07/09 - Independência do Brasil
15/09 - Aniversário de Ponta Grossa
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 32
Usuários Online: 0
Seu IP: 34.207.146.166