Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

Louvor e Gratidão

Pr. Jacson Irio Andrioli

“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto nas vides; ainda que falhe o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que o rebanho seja exterminado da malhada e nos currais não haja gado.Todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação. O Senhor Deus é minha força, ele fará os meus pés como os da corça, e me fará andar sobre os meus lugares altos.”  (Habacuque 3.17-19)

A Bíblia é repleta de palavras de exaltação ao nosso Deus. A palavra louvor significa “ato de louvar, aplaudir, elogiar exaltar…

“Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas.  Em ti me alegrarei e exultarei; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo;” (Salmo 9. 1-2)

Em palavras bem simples significa cantar sobre Deus, sobre suas obras e feitos, declarar nosso amor, nossa admiração, nosso desejo de ser cuidado e guiado por Ele.

Na teologia existe um princípio quanto à interpretação das escrituras que nos diz o seguinte: a quantidade de vezes que um assunto é citado/mencionado nas escrituras, demonstra a importância disso para Deus. Desta forma conseguimos perceber mais de 250 vezes a palavra Louvor, sendo que a maioria delas estão escritas no maior livro da Bíblia, Salmos, que possui 150 capítulos ou cânticos que eram usados pelo povo de Israel com o propósito de louvar ao Deus todo Poderoso. Por outro lado,  existem milhares de outras expressões de gratidão do povo e de filhos de Deus na Bíblia.

Mas porque??? Já se fez esta pergunta? Será que Deus é vaidoso, e necessita destas expressões?? Certamente que não!!! Mas igualmente a todas as outras práticas espirituais, a oração de Louvor tem como objetivo bem claro o seguinte: à medida que nos dispusermos a praticá-la colheremos os seus frutos em nossas vidas.

Quero te ajudar a entender um pouco melhor isso, bem como te encorajar a praticar em seu dia a dia.

1. Louvor quebra cadeias espirituais.
Você deve conhecer aquele ditado popular: “Quem canta seus males espanta”

“E sucedia que, quando o espírito maligno, da parte de Deus, vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa e a dedilhava; então, Saul sentia alívio e se achava melhor, e o espírito maligno se retirava dele” (1 Sm 16.23).

Porque muitas pessoas vivem debaixo de cadeias (presas a alguma coisa)? Cadeias de vícios, melancolia, depressão, ansiedade, medo, consumismo e outros? Quem sabe lhes falta perceber que ao louvar a Deus suas vidas serão libertas. O segredo aqui é o louvor. Deus habita no meio dos louvores, quando nos dispomos a adorar trazemos a presença de Deus para perto de nossas vidas e na presença dele não há cadeias que permaneçam.

Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? ou que comunhão tem a luz com as trevas?  Que harmonia há entre Cristo e Belial? ou que parte tem o crente com o incrédulo? (II Coríntios 6. 14 e 15)

Quando a presença e a luz de Deus vem, as cadeias e as trevas são quebradas. Mas,  ao contrário disso, em vez de olharmos para Deus, e ver os feitos de Deus, e louvar a ele, muitos cristãos, ou nós mesmo, preferimos fixar os olhos nas circunstâncias e reclamar, e cultivam essa atitude, o que aumenta a força das cadeias espirituais em nossas vidas.

“porquanto os meus inimigos retrocedem, caem e perecem diante de ti. Sustentaste o meu direito e a minha causa; tu te assentaste no tribunal, julgando justamente.Repreendeste as nações, destruíste os ímpios; apagaste o seu nome para sempre e eternamente. Os inimigos consumidos estão; perpétuas são as suas ruínas. Mas o Senhor está entronizado para sempre; preparou o seu trono para exercer o juízo. Ele mesmo julga o mundo com justiça; julga os povos com eqüidade.” (Salmo 9 3-8)

2. O louvor move a mão de Deus sobre nós.

“O Senhor é também um alto refúgio para o oprimido, um alto refúgio em tempos de angústia. Em ti confiam os que conhecem o teu nome; porque tu, Senhor, não abandonas aqueles que te buscam.” (Salmo 9. 9 e 10)

Podemos comparar o louvor com o ciclo da chuva. Desta forma: O sol vem, aquece a água, acontece a evaporação, que sobe e se acumula em forma de nuvens. Quando chega a certa quantidade, condensa e cai novamente em forma de gotículas de água (chuva). Então o processo se reinicia…

Da mesma forma,  acontece conosco em relação ao louvor: há um ciclo. Louvor é por aquilo que Deus faz, mas quanto mais louvamos mais Deus faz, e quanto mais Deus faz, mais o louvamos. Existe um estímulo mútuo! Funciona assim: quando o sol de Deus vem sobre nós, na sua presença, o seu calor, no seu fogo, em nossa vida, isso produz em nós louvor. O louvor sobe como vapor e esse louvor vai sendo acumulado diante de Deus. Quanto mais cultivamos um coração que reconhece Deus em seus caminhos e o louva, mais receberemos do poder e manifestações de Deus em nossas vidas.

Esse também é o motivo porque muitos não o louvam, porque não percebem o poder de Deus, e quanto menos louvam, menos veem, e quanto menos veem, menos louvam. O ciclo pode ser para cima ou para baixo, depende de cada um.

Quer ver o mover de Deus em sua vida? Comece a louvar!

3. Louvor traz o sobrenatural de Deus.

“Ele, tendo recebido tal ordem, os lançou na prisão interior e lhes segurou os pés no tronco.  Pela meia-noite Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, enquanto os presos os escutavam. De repente houve um tão grande terremoto que foram abalados os alicerces do cárcere, e logo se abriram todas as portas e foram soltos os grilhões de todos.” (Atos 16.24-26)

Paulo era um servo absolutamente fiel a Deus e, mesmo assim, Deus permitiu que ele fosse chicoteado e preso. E a Bíblia registra que ele e Silas estavam presos, amarrados e, ainda assim cantavam louvores a Deus.

Foi assim que Pedro foi liberto. O povo da igreja estava orando na casa da mãe de João Marcos, orando por Pedro, e aquela oração subiu ao céu, e desceu em forma de terremoto e arrebentou com a cadeia e Pedro saiu. (Atos 12.)

Se fosse um de nós estaríamos reclamando, porque nosso cristianismo é superficial. A maioria das pessoas não tem um coração voltado para Deus, mas querem as coisas que Deus pode lhes dar.

Mas Paulo não era assim, para ele era um privilegio, uma honra sofrer pelo Senhor, e no auge da dor, ele não estava lamentado, a Bíblia fala que ele louvava a Deus. Tem louvor diferente que deixa o inimigo desorientado e sem ação, e tem louvor que de fato causa terremoto. Aqueles dois começaram a louvar, e louvar de maneira tão intensa, tão poderosa que arrebentou suas cadeias.

Conclusão:

Você quer experimentar o sobrenatural de Deus? Aprenda a fazer a oração de Habacuque em capítulo 3 versículos 17 a 19. Ainda que a videira não dê uva, a goiabeira não dê goiaba, sua geladeira esteja vazia, ainda que você não tenha nada, ainda assim, louve ao Senhor e se achegue ao Deus de sua salvação. Somente assim vamos produzir um terremoto, porque o anjo do Senhor vem para abalar quando você, a despeito das circunstâncias, decide louvar ao Senhor com gratidão em seu Coração!

Acesse a página  MENSAGENS para ler outros artigos, estudos e mensagens. Temos muito conteúdo (são mais de 80 textos) para você conhecer e estudar sobre a Palavra de Deus.

Aniversariantes:
JULHO:
01/07 - Reginaldo
02/07 - Alice
02/07 - Dejanira
04/07 - Marcia
05/07 - Nelci
07/07 - Floriza
08/07 - Ingrid
18/07 - Jô
19/07 - Candida
22/07 - D. Ilda
22/07 - Lucas F.
27/07 - D. Elvida
28/07 - Daniel
30/07 - Rodrigo T.

DATAS COMEMORATIVAS:
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 142
Usuários Online: 3
Seu IP: 35.171.183.163