Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

Homens de Deus: José

Pr. Jacson Irio Andrioli

Quero dar sequência no compartilhar da vida do quarto “Homem de Deus”:  José.

Nós, seguidores de Jesus somos desafiados a construirmos um lar onde a paz e o amor do Senhor reine. Mas,  nem sempre conseguimos e ficamos nos perguntando onde erramos ou onde não agimos de acordo com a vontade de Deus. É sabido que os tempos são difíceis e que viver em união matrimonial é um grande desafio, bem como ensinar os filhos no caminho certo.

Em outro lado estão os casais abençoados que conseguem lograr êxito nesta caminhada e são exemplo, e o incrível nisso é que pouco se fala destes fieis e vencedores. A pergunta que se faz é: Como aceitar viver uma vida que agrada a Deus em tempos tão tumultuosos?

Quero te ajudar a responder esta pergunta ao olharmos para o homem de Deus chamado José, esposo de Maria e padrasto ou “pai de coração” de Jesus.

1. Quem era José?

José era da descendência de Davi, sua profissão era carpinteiro, era um homem justo e íntegro, guardava fielmente todas as ordenanças do povo judeu. Cumpria os deveres de chefe de família, bem como a responsabilidade de criar o Filho de Deus, como sendo seu pai aqui na terra.

Algumas outras curiosidades:  alguns dizem que ele era viúvo e tinha outros filhos, aí então que se casou com Maria, por isso então se afirma que ela permaneceu virgem. Outro fato é dito que ele morreu antes do início do ministério de Jesus.

Mas o que é mais evidente nos evangelhos é: José era noivo de uma menina chamada Maria.

Naquela época, o noivado era um casamento, sem de fato o ter consumado. Maria deveria ficar na casa de seus pais por mais um ano após o acordo firmado entre seu pai e José. Nesse tempo, Maria se achou grávida do Espírito.

O projeto de Deus é muito lindo, pena que muitas vezes não conseguimos entender.

“Deus escolheu um casal, José e Maria, e a partir dessa experiência concretizou a encarnação e a missão redentora.” (Jorge Atiencia).

Deus, na criação, envolveu um casal em seu projeto, agora, retoma em outro contexto com o propósito de redenção usando um novo casal.

Você pode imaginar o que se passava na cabeça de José quando escolheu a bela moça Maria para ser sua noiva? É claro que ele queria se casar, constituir família e ter filhos, como qualquer outro homem. Mas parece que tudo é diferente…

2. A chegada do filho

Imagine você sabendo que sua noiva esta na casa dos pais se preparando para o casamento e ele descobre que ela está grávida. O que se diz em um caso destes? Traição é a primeira coisa que vem à mente. Mas José, por seu um homem justo, planejou deixá-la sem causar mais problemas.

Outras surpresas viriam pela frente…

Nos dias do nascimento eles não estavam em sua casa, estavam em viagem na cidade de Belém, longe de casa, longe dos confortos que eles haviam preparado, longe da família, longe de tudo… Nem a família por perto para comemorar a chegada do bebezinho!

Eis que os dias se passam e uns magos chegam dizendo que foram guiados pelos astros até o menino. (Mateus 2. 1-2).

Em Lucas 2, lemos que os primeiros visitantes, pastores de ovelhas, foram orientados por um anjo a procurar o menino e o adorar. Imagino que José ficava se perguntando o que tem este menino que os anjos e agora os astros reconhecem seu nascimento?

Logo em seguida precisaram fugir, pois Herodes queria lhe matar.

Veja Mateus 2. 13-15.

Na cabeça de José uma coisa se passava, (espero que nenhum outro anjo apareça)… Pois toda vez que um anjo lhe aparecia uma reviravolta era feita. Será que José não pensou em abandonar Maria e a criança? Assim somos eu e você por pouco abrimos mão da vontade de Deus.

Mas tudo isso tinha um propósito: Deus pediu emprestado o lar de José para dar continuidade em seu plano de salvar os homens.

3. A revelação de Deus na vida do Casal

(Mateus 1. 18 e 19)

Esta foi a primeira de várias crises de José. Como ele encara? A melhor coisa seria deixá-la. Quem sabe eu e você não tenhamos deixado nossos cônjuges ou filhos em algum momento da vida ou em meio a alguma crise?

Enquanto José ficou ponderando o que fazer, Deus providencia uma resposta! Um anjo do Senhor em sonho lhe diz: “José Filho de Davi, não temas”.

Queridos,  quantas vezes nós sonhamos em ouvir esta frase com o nosso nome na frente. A palavra de Deus trouxe um beneficio eterno na vida de José e é claro em sua família e na minha vida. Com esta experiência podemos aprender o quanto Deus valoriza a família.

  • A revelação descortina o desconhecido ( Mt. 1. 20 e 2)

A revelação expõe a iniciativa de Deus e faz com que José supere sua crise.

Que alívio pode trazer a palavra de Deus quando sua revelação chega ao coração ferido e quebrado, é orientação do alto para os próximos passos.

  • A revelação previne riscos (Mateus 2. 13)

Nossas decisões às vezes nos colocam em riscos, e quando a palavra do Senhor nos livra deles é reconfortante e passamos a perceber o quanto Deus nos ama.

Tem um ditado que diz: “é melhor prevenir que remediar”. É sábio mudar a direção antes de cairmos no buraco!

Sem dúvida a palavra de Deus é ajuda certa na vida do casal… Dependamos dela!

  • A revelação impede a acomodação (Mateus 2. 19 e 2)

A vivência de José nos orienta a cuidarmos com o comodismo e a conformidade com as circunstâncias. Para José depois de algum tempo o Egito passou a significar tranquilidade e refúgio. Mas de repente o anjo do Senhor aparece e diz: “Levanta-te, vamos lá”.

Meu irmão,  não se acomode você ainda é útil ao Senhor, e muito útil para sua família.

“A palavra de Deus não permite que nos acomodemos. Ela nos tira da superficialidade e nos coloca em situações de aventura, empurra-nos a crescer, impede que caiamos na monotonia.” (Jorge Atiencia pg. 75).

Os planos de Deus sempre são para o bem, estejamos atentos à sua palavra.

  • A revelação orienta as decisões (Mateus 2.2)

Assim é a revelação de Deus, dá rumo a nossa vida.

A palavra oportuna providencia descanso, liberdade e segurança.

E como é bom seguir com um plano tendo a certeza da orientação do senhor, pois sabemos que não vamos falhar, e muito menos errar o alvo. É tiro certo!

4. A Obediência a esta revelação

Nestas quatro contribuições da revelação, ou pilares que José se sustentou, pois foi somente assim que José conseguiu construir um lar para a glória de Deus. José assumiu com esta postura o lugar de homem da casa, esposo e pai de família, trazendo segurança para Maria e para seu filho do coração Jesus.

Apesar de sua modesta participação na história da salvação do mundo, José é exemplo de obediência incondicional frente aos desafios que seu casamento lhe levou a viver.

Conclusão:

Nosso lar é um espaço para o projeto de Deus.

Volte lá no início… Será que em seu lar existe o espaço para o projeto de Deus?

  • Querido,  ore a Deus pedindo a direção de Deus em seu lar;
  • Olhando o exemplo, podemos concluir que: Há esperança para construirmos um lar e matrimônio abençoados por Deus mesmo diante das mais duras circunstâncias;
  • A dinâmica entre revelação da palavra e obediência permitem que a graça de Deus se cumpra em seu lar e vida.
  • Deus pai se agrada em escolher lares, famílias que acolham seu filho Jesus para mostrar a partir dali seu amor ao mundo.

Leia também:

Acesse a página  MENSAGENS para ler outros artigos, estudos e mensagens. Temos muito conteúdo (são mais de 80 textos) para você conhecer e estudar sobre a Palavra de Deus.

Aniversariantes:
SETEMBRO:
02/09 - Diego
02/09 - Fernanda
08/09 - Fran
13/09 - Simone Jéssica
13/09 - Josefina
20/09 - Carlos Roberto
21/09 - Valdi
21/09 - William B.
22/09 - Silmara
26/09 - Boniek

DATAS COMEMORATIVAS:
07/09 - Independência do Brasil
15/09 - Aniversário de Ponta Grossa
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 36
Usuários Online: 1
Seu IP: 34.207.146.166