Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

Seguindo em Frente

“Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim”. (Fl. 3.13)

O apóstolo Paulo é o maior autor de livros da Bíblia, tendo escrito 13 dos 66 livros dela. Muitos desses livros, que na verdade são cartas, revelam um pouco da vida do apóstolo e, escrevendo aos filipenses, no versículo acima, ele dá a entender que estava esquecendo-se do seu passado. À semelhança de Paulo, creio que nós, cristãos, também temos muitos problemas com nosso passado. Passado este que ainda nos molesta, aflige e perturba os dias presentes: “Ah, se pudéssemos voltar atrás e refazer as coisas”!


Quantas decisões erradas já tomamos, pense nas séries de vezes que já magoamos, ofendemos e destratamos pessoas, vira e mexe sempre voltam imagens dessas ações em nossa mente: palavras que falamos e feriram pessoas, como nossos pais ou irmãos e até filhos. Palavras que foram bem pensadas, maquinadas para atingí-los… cenas horríveis que protagonizamos desde nossa infância nos vêm à mente… maldades que cometemos, mentiras, uma série de situações que ocorreram que somente nós sabemos que foram forjadas (pense, relembre), atos imorais ocultos, que só nós sabemos, julgamentos alheios, soberba, arrogância, decisões e conclusões precipitadas… como um flash tudo isso vem a nossa memória, negócios mal fechados, dívidas, vergonhas, humilhações, calúnias, cenas que gostaríamos que nunca tivessem ocorrido; palavras que gostaríamos de nunca ter dito nem ouvido.
Vez ou outra elas sempre vêm a nossa mente e isso nos corrói, nos faz remoer, e é como se estivéssemos vivendo aquela cena novamente, então o inevitável acontece: nos vem um profundo arrependimento, um remorso e até uma aflição: ”Ah se eu pudesse voltar atrás. Se eu tivesse uma forma de voltar ao passado eu jamais faria tais coisas, eu consertaria tudo, não falaria o que falei, não faria o que fiz”.
E como é verdade essa afirmação! Provoca até uma ira quando olhamos para trás e entendemos quão tolos fomos, hipócritas e imbecís. Porém, não há possibilidade de voltar, o passado jamais retornará, o que está feito está feito, todas aquelas situações já estão gravadas na memória do passado e elas nunca mais poderão ser alteradas.
O que devemos fazer então?
Nós devemos aprender com as nossas falhas, todo esse passado negativo nos trás um alerta para o presente. São situações nas quais nos envolvemos e que não tornaremos a fazê-las, pois já sentimos o seu gosto amargo e sabemos o resultado. Se você notar bem, caso tais situações não ocorressem, incorreríamos no erro do mesmo jeito! Assim, elas ocorreram para nos aperfeiçoar, nos ensinar, nos mostrar que tais ações levam à consequências desastrosas, como uma criança que precisa passar por situações de dor até aprender que a mesma dói, de forma a nunca mais fazer o que causou a dor novamente.
Paulo prossegue: “esquecendo-me das coisas que para trás ficam”. Ele está dizendo: “eu esqueço do meu passado frustrante, decepcionante”. Esse esquecer não significa deletar da memória – isso é impossível – não há possibilidade de se apagar todo o nosso passado da memória. Quando Paulo diz: “esquecendo-me” ele quer dizer que tais lembranças não o afetavam mais, não possuiam relevância nem peso para Paulo, ou seja, faziam parte de uma outra etapa da vida de Paulo, estavam inertes, só serviam para o aperfeiçoar e o alertar.
Você deve fazer o mesmo: usar seu passado como um aprendizado, de forma às lembranças não te afetarem mais. Assim Paulo tinha disposição, ânimo, força, determinação, para dizer: “avançando para as coisas que estão adiante de mim”. Paulo dizia: “avante, para cima, para frente”. Temos que viver o agora, o hoje; trabalhar, produzir, adquirir bagagem, conhecimento, crescimento espiritual, comunhão com Deus.
Essa é a palavra que tenho para você: esqueça seu passado, a tragédia que na maioria das vezes ele foi e siga em frente. O mundo não acabou, a vida não parou, enquanto você tem fôlego, enquanto seu coração bate, enquanto o Espírito de Deus habita em você – seja quem você for, esteja na condição que estiver, tenha a idade que tiver – há esperança para você, há um futuro para você, há planos para você!
Avancemos então! Busque a Deus em oração e jejum, peça direções específicas, individuais, sobre todos os aspectos de sua vida e quando Ele responder, obedeça-O diligentemente e debaixo dessa palavra siga em frente. Fazendo assim você estará construindo uma nova história, ou melhor, Deus irá construir para e em você essa nova história. Não digo que não haverá dor, dificuldades, oposições, pelo contrário, haverá tudo isso, mas tambem haverá sucesso, progresso, realizações, cumprimento das promessas de Deus e uma perfeita e terna paz – que excede o entendimento humano, que independe de resultados, números, reconhecimentos – te acompanhará até a eternidade!
Assim, daqui a alguns anos, quando esse presente que você vive se tornar passado, não será um passado tão trágico como foi o primeiro e você poderá dizer: “estou trazendo a memória aquilo que me dá esperança” (Lm. 3. 21).
 

Uma Só Palavra

“E, entrando Jesus em Cafarnaum, chegou junto dele um centurião, rogando-lhe,E dizendo: Senhor, o meu criado jaz em casa, paralítico, e violentamente atormentado.E Jesus lhe disse: Eu irei, e lhe darei saúde.E o centurião, respondendo, disse: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado, mas dize somente uma palavra, e o meu criado há de sarar.”

Hoje, o desejo do meu coração é que através dessa mensagem escrita seu coração seja fortalecido e se encha de fé e esperança.
Que demonstrações de fé incontestáveis de fé tremendas – capazes de nos renovar e ensinar – são narradas nos Evangelhos, sem dúvida os Evangelhos são inspirações de fé! E para mim creio ser essa, a demonstração de fé do centurião de Cafarnaum uma das mais extraordinárias de toda Bíblia – que exemplo fantástico! Ele possuía um criado doente, e foi a Jesus rogar por ele, Jesus movido pela sua humildade e submissão e também pelo bem estar do criado, atende sua súplica e diz: “Eu irei, e lhe darei saúde”.
Aqui já aprendemos algo notável no centurião, quando ele responde: “Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado”. Ele expressa profunda reverência e temor a Jesus, e logo em seguida ele pronuncia uma das declarações de maior expressão de fé nas Escrituras, dizendo a Jesus: “Mas dize somente uma palavra, e o meu criado há de sarar”.
Que afirmação maravilhosa foi essa! A fé, a convicção, a certeza do centurião foram tão descomunais que fizeram Jesus ficar impressionado: “E maravilhou-se Jesus, ouvindo isto, e disse aos que o seguiam: Em verdade vos digo que nem mesmo em Israel encontrei tanta fé”. Essa é a única passagem que mostra Jesus sendo impactado por alguém. Que exemplo de fé para nós, que confiança em Deus, que conhecimento do Seu poder – “BASTA UMA PALAVRA”.
É isso o que eu quero ensinar a você, você notou? Você ouviu o que disse o centurião?“Uma só palavra”, da parte de Deus, apenas isso, e tudo pode ser mudado! Olhe a sua volta, veja toda essa adversidade que você está passando, quão grande, quão colossal, quão diabólica… É praticamente impossível que haja solução, cura, saída… Você está totalmente perdido e confuso! Mas para Deus basta que Ele diga: “uma palavra”, uma só palavra e tudo isso que você está passando pode mudar. Meu Deus! Por que temos dificuldade de crer em tão grande poder?
Amado irmão, creia comigo, quão encorajadoras são essas palavras! Mesmo nesse estado sem solução que você se encontra, basta um só movimento do seu pensamento, uma só vibração do seu ser e você será liberto desse pecado instantaneamente, e poderá ser santificado, transformado como Isaías (Is. 6). Uma simples ordem de Deus e toda essa tribulação, dor, adversidade, por mais terrível que pareça, pode desaparecer – uma só palavra!
Você logo pergunta: então porque ele não libera essa palavra? Porque Ele está esperando você crer, Ele está esperando você ser ousado o suficiente como o centurião e dizer para os seus problemas, para seus pecados, dores e doenças, Ele está esperando você dizer para o diabo e o inferno que estão te atormentado: “basta meu Deus dizer uma palavra e vocês todos virão à baixo”! Ele está esperando você dizer para Ele próprio: “eu confio no Senhor,eu creio no Seu grande poder, Tu tens tanto poder e magnificência que só uma palavra é suficiente! Você teria audácia de crer nisso?
Pois é, se assim for, você não só deixará o seu Senhor e Mestre maravilhado, mas da mesma forma que o centurião terá a resposta a sua causa: “E naquela mesma hora o seu criado sarou”. Louvado seja o nome do Senhor! Que nós venhamos a descansar em tão grandes promessas e saber que nosso Deus, com sua poderosa palavra, está no controle de tudo!

 

Leia também:

Acesse a categoria “Mensagens”  para ler  artigos no formato POST. Para ler outras mensagens no formato PDF, clique aqui.

Aniversariantes:
SETEMBRO:
02/09 - Diego
02/09 - Fernanda
08/09 - Fran
13/09 - Simone Jéssica
13/09 - Josefina
20/09 - Carlos Roberto
21/09 - Valdi
21/09 - William B.
22/09 - Silmara
26/09 - Boniek

DATAS COMEMORATIVAS:
07/09 - Independência do Brasil
15/09 - Aniversário de Ponta Grossa
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 77
Usuários Online: 2
Seu IP: 3.84.186.122