Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

Deus de toda a Consolação

Texto: II Coríntios 1. 3-7
Pr. Jacson Irio Andrioli

A consolação é uma das experiências mais lindas a serem vividas. O consolo nada mais é que trazer conforto e alento ao que sofre, sossegando o coração e dando a direção para suportar qualquer situação de aflição que esteja por perto.
Todos os seres humanos precisam do consolo em suas vidas! A vida é cheia de indignações, falta de respostas frente a dor. Mesmo os que confessam Jesus como seu Senhor e Salvador, não são imunes ao sofrimento, à dor e às tribulações, pelo contrário é comum passarmos por provações… O interessante nisso tudo é que a Bíblia nos fala que isso não é mau! As provações são oportunidades que temos de ser consolados e fortalecidos por Deus e por seu infinito amor.


Retroceda em suas lembranças e perceberá que nas situações mais difíceis de sua vida o consolo do Senhor esteve presente em seu coração provendo esperança.
Quero te propor uma reflexão afim de que você deixe o Senhor prover o consolo e o ânimo, bem como a esperança que você precisa para continuar sua caminhada de fé dando testemunho do cuidado de Deus sobre sua vida. Afinal de contas, Deus provê consolo aos que esperam nele! (II Coríntios 1.3-7)

Normalmente na minha oração de benção final do culto, oro pedindo que o Espírito Santo nos console… Mas, você compreende a importância desta oração? Se não,  espero te ajudar a entender ela nesta noite.

1. Bendito

Paulo inicia a introdução de sua carta aos Coríntios falando que Nosso Deus é Bendito, Pai de nosso Senhor Jesus cristo e Deus de toda a consolação.Estas palavras a meu ver são a maneira de Paulo chamar a nossa atenção assim como foi de chamar a atenção de seus leitores em Corinto, para a grandeza e poder de um Deus presente e acessível como o Senhor é.
A exaltação feita:  Deus é tão grande e abrangente que muitas vezes não conseguimos entender…
Paulo quer nos ensinar a confiar…
Paulo quer nos ensinar a crer…
Paulo quer nos ensinar a depender…
Ele nos ensina que somos fortalecidos quando encontramos a paz e a segurança em Deus.
Jesus disse: “deixo-vos a paz, a minha paz vos dou, não a dou como o mundo dá.” (João 14.27).
No momento da tribulação o importante é sentir paz… Paulo espera de nós  a compreensão e os resultados de uma vida e atitudes transformadas pelo amor de Deus que é bendito.

2. Tribulação

A razão principal pela qual Deus permite que passemos por tribulações é para que eu e você experimentemos Seu conforto…
Paulo sabia muito bem o que era tribulação, sofrimento, perdas e desprezo. Sendo assim, ele tinha e tem até hoje muito a nos ensinar neste sentido. (Veja o que fala em II Co. 4. 7ss)
Paulo nos fala de um Deus e Pai que nos conforta em todas as nossas tribulações. Veja que Paulo fala que ao vencermos nossas tribulações teremos meios e ferramentas espirituais para auxiliar a outros que passam por angústia.
Quando passo por problemas e reconheço que o Senhor está me fortalecendo, me encorajando a permanecer firme, Ele está gerando em mim a esperança e o amor que preciso para superar as dificuldades e angústias.
Depois disso, terei como falar de onde vim e onde cheguei, mostrar o caminho para o consolo àqueles que estejam em dificuldades.
Agora é: faça o que eu faço, porque eu já passei e sei como é!
Todo o sofrimento de Cristo até sua morte de cruz, vem a ser maior que o nosso sofrimento, porém tudo o que ele sofreu vem a ser o nosso consolo e encorajamento. (Isaias 53. 4 e 5)
Jesus Cristo sofreu para pagar o preço de nossos pecados, assim devemos nos unir a Ele a fim de vivermos debaixo de sua proteção, amor a cuidado. O meu e o teu bem-estar é colocado de lado para resgatar quem precisa de ajuda.
O objetivo de Paulo usar suas próprias experiências e as de Cristo, nos dizem que por maior e pior que seja o problema Deus esta olhando e pronto a nos consolar, porém só poderá se o permitirmos.

3. O que precisamos aprender para ser consolados

  1. Estarmos dispostos a nos expor afim de alcançarmos o consolo;
  2. Enquanto não experimentarmos o amor tranquilizador de Deus, não seremos capazes de transmitir este encorajamento a outros;
  3. Quanto mais compartilhamos do amor e consolo de Deus mais amor e consolo experimentaremos;
  4. O consolo deve ser visto como uma preparação que nos capacitará a consolar e a encorajar outras pessoas que sofrem;

Conclusão:

Leia os verísculos 6 e 7. Segundo estes dois versículos, tudo o que vivemos e passamos tem peso em nossa vida de fé, seja para nosso crescimento, seja para nossa salvação, seja para nosso conforto.
Todo cristão que reconhece Jesus como seu Senhor, identifica-se com o sofrimento de Cristo, e somente assim encontrará seu conforto e consolo. (Filipenses 3.10)
O Versículo 6 também aponta para a solidariedade no corpo de Cristo, se um irmão está passando por alguma situação, todo o corpo sente.
Por fim, a minha e a tua esperança é o que motivarão outras pessoas a buscar o consolo nos braços do Pai. O mundo a nossa volta precisa do consolo, encorajamento e esperança que eu e você conhecemos bem.
Console a outros…
Mostre o caminho…
Apoie, cuide e ame… 

(Sabe o que isso significa? Discipulado!)
Seja um canal de benção e não uma represa de conhecimento!

 

Leia também:

Acesse a categoria “Mensagens”  para ler  artigos no formato POST. Para ler outras mensagens no formato PDF, clique aqui.

Aniversariantes:
SETEMBRO:
02/09 - Diego
02/09 - Fernanda
08/09 - Fran
13/09 - Simone Jéssica
13/09 - Josefina
20/09 - Carlos Roberto
21/09 - Valdi
21/09 - William B.
22/09 - Silmara
26/09 - Boniek

DATAS COMEMORATIVAS:
07/09 - Independência do Brasil
15/09 - Aniversário de Ponta Grossa
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 32
Usuários Online: 1
Seu IP: 34.207.146.166