Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

Alegria

Pr. Jacson Irio Andrioli

“Alegrai-vos sempre no Senhor”

Você tem motivos para se alegrar no Senhor? Imagino que todos nós temos motivos para nos alegrarmos diante de tudo o que Deus nos tem concedido, diante das provisões do Senhor, diante do cuidado, diante do amor dEle por nós pecadores. Podemos nos alegrar por sabermos que suas misericórdias se renovam a cada manhã, e por tantos outros motivos…


Sabem de uma coisa, sempre esquecemos de nos alegrar no Senhor por que deixamos os problemas, as dificuldades que vão surgindo em nossas vidas serem maiores que a alegria do Senhor.
“portanto não vos entristeçais; porque a alegria do SENHOR é a vossa força. Neemias 8:10c”.
Muitas de nós temos a tendência de nos preocuparmos diante de um problema que, aparentemente, não tem solução. Dificilmente, depositamos a nossa total confiança no Senhor; dificilmente, oramos e parece até que, lá bem fundo do nosso subconsciente, estamos dizendo: “Para que orar?” Quando agimos assim, estamos pecando diante de Deus e Pai.

(Filipenses 4.2-9)

O Capítulo 4 de Filipenses é bastante rico em instruções aos filhos de Deus. São três conselhos básicos:

1º conselho:  reconciliação (v. 2 e 3)
Duas mulheres, que exerciam certa posição de destaque na igreja, tiveram uma desavença, e um semente começou a se desenvolver, a semente da discórdia.
Evódia e Sintique eram estas irmãs, cada uma possuía um grupo de seguidores ou defensores de suas dores e mágoas provocadas pela discórdia e a igreja estava sendo dividida por este problema. Paulo chama-lhes a atenção em sua carta para que “tenham o mesmo sentimento no Senhor”.
O que você imagina que Paulo estava lhes dizendo, a respeito do mesmo sentimento no Senhor?
Eu não consigo ver outra coisa a não ser o sentimento de perdoar e amar, uma perdoando a outra, (veja Filipenses 2.2).
Paulo pede a ajuda de uma terceira pessoa que ele identifica a penas como: “Fiel companheiro de jugo”. O nome deste homem que ajudou as duas irmãs em seu problema não aparece, é desconhecido, mas o que interessa é que a situação deve ter se resolvido, pois não vemos Paulo voltar ao assunto.
Se por ventura você está vivendo alguma situação delicada em seus relacionamentos interpessoais, peça a ajuda de alguém, para ser o mediador, mas acima de tudo tenha o mesmo Sentimento do Senhor: perdão e amor. Caso contrário a alegria do Senhor será ofuscada em seu viver…

2º conselho: regozijo (v. 4-7)
O significado da palavra regozijo é prazer, alegria. Manifestação de contentamento. Lembra da pergunta que já te fiz hoje? Você tem motivos para se alegrar no Senhor? A carta de Paulo em uma instrução predominante:  alegrai!
Quero te ajudar a entender algumas frases nestes 4 versículos:
a) “Alegrai-vos sempre no Senhor”: a orientação aqui expressa é para nos alegrarmos quando e em quem?
b) Seja moderado:  virtude de permanecer na exata medida; comedimento. Afastamento de todo e qualquer excesso. O moderado sabe se comportar sem passar por cima dos outros, tem sabedoria no proceder, nas atitudes, e de acordo com o que Paulo fala isso lhe servirá de testemunho.
c) Não andeis ansiosos de coisa alguma . (Mateus 6. 25ss)
d) Em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus as vossas petições. Antes da ansiedade chegar, ou tomar lugar em nossos corações, nos acheguemos a ao trono de Deus buscando o seu favor e consolo.
e) Pela oração e súplica, com ações de graça, mesmo desconhecendo o resultado de nossas orações já podemos apresentar a Deus nossa gratidão por saber que Ele fará sua vontade e seja o que for é o que há de melhor para nossas vidas.
f)  V. 7 – a Paz, oh como é bom sentir paz em todas as situações, e é ela que vai guardar nossos corações e mentes evitando assim que ficamos pensando coisas que nem existem. Sabe por que? Para que eu e você possamos experimentar a alegria que Paulo tanto fala. Se obedecermos estas regras, a paz de Deus nos revigorará e protegerá o osso coração.

3º conselho:  justiça (v. 8 e 9)
A questão aqui não é o que é exercer a justiça, ou julgar, mas viver as coisas justas, certas que tenham uma postura moral verdadeira que honre a Deus e que faça de cada um de nós filhos amados com testemunhos vivos e puros diante de Deus e do mundo que nos olha.
Estes conselhos entram no mérito de verdadeiros valores da vida. Pensai nestas coisas… Mas só pensar não adianta. Os pensamentos devem ser convertidos em atitudes/ações. Se desta forma andarmos o Deus de paz estará conosco.

Já sofremos e nos preocupamos muito em nossas esperas por respostas, resultados de exames, problemas de relacionamentos, financeiros, com filhos e outros tantos…
Não podemos evitar que problemas e tristezas surjam em nossas vidas, mas podemos transformá-los em oração em vez de deixá-los invadir nossa vida, perturbando-nos a ponto de esquecermos que somos filhos de um Deus cuidadoso, que nos ama e que nunca nos abandona.

Quando qualquer preocupação quiser tomar conta de nossas vidas nos lembramos:
Alegrai – vos no Senhor…
Centre seus pensamentos no que é bom e reto…
Alegre-se naquilo que Deus fez por você…
Creia naquilo que ele vai fazer por e em você…

 

Leia também:

Ou acesse a categoria “Mensagens”  para ler outros artigos.

Aniversariantes:
MAIO:
02/05 - Rose
07/05 - Bertha
15/05 - Calebe
16/05 - Beatriz J.
17/05 - Ernesto
23/05 - Igor
25/05 - D. Margarida
26/05 - Eduarda
27/05 - Vanilda
28/05 - Karen
28/05 - Lucas
28/05 - Leandro

DATAS COMEMORATIVAS:
01/05 - Dia do Trabalhador
12/05 - Dia das Mães
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 83
Usuários Online: 1
Seu IP: 34.204.0.181