Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

Aprendendo a Orar!

(Colossenses 1:9-14)

Pr. Jacson Irio Andrioli

Você sabe orar?  Você tem um padrão de oração?

Muitas vezes em relação a determinadas situações e acontecimentos nossos e de nossos familiares, não sabemos orar, nem por onde começar uma oração. Os discípulos de Jesus pediram a Ele: “Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos.” (Lucas 11.1b)

E Jesus lhes ensinou a Oração Dominical, que é uma oração onde estão englobados vários aspectos a serem colocados diante de Deus a respeito de nossa vida.

Mas, gostaria de oportunamente usar os exemplos de Paulo em sua oração pelos Colossenses, e nestes poucos versículos do capitulo 1, encontrarmos grandes pérolas para nosso conhecimento e prática da fé e oração.

O primeiro capítulo da Carta de Paulo tem sua apresentação (v. 1 e 2). Tem uma oração de gratidão (v. 3-8), onde vemos Paulo expressar sua gratidão por saber da fé dos irmãos e da prática desta, bem como por eles terem aceitado os ensinamentos dados por Epafras, e guardado em seus corações.

Mas,  coloca em evidência três aspectos:

  • Fé genuína em Cristo Jesus (v 3-5);
  • Dar Frutos no mundo (v 6);
  • Fidelidade dos que pregam (v 7 e 8).

Estes três aspectos me fazem olhar para minhas orações com um enfoque diferente. Me levam a perceber o quanto sou egoísta em minhas orações, pois muitas vezes oro por meus interesses e de minha família, esqueço de orar por aqueles que me anunciaram o evangelho, por aqueles que estão pregando o evangelho e sofrem por esta causa e tantas outras…

Quero contar a história de uma jovem que era muito egoísta em suas orações. Certa vez alguém a desafiou a orar UMA única vez, sem mencionar a si mesma na oração.  Ela topou o desafio, e fez bem, até o final de sua oração quando disse, “E por favor, Senhor, dê um lindo genro a minha mãe!”

 Pelo que oramos?

  • Finanças 
  • Família  
  • Felicidade       
  • Futuro (decisões)

Aí surge uma pergunta: Sou uma pessoa grata?

Paulo elevou os olhos aos céus e contemplou o que Deus estava fazendo na vida dos Colossenses… E nós,  o que fazemos ao sabermos que hoje no Brasil somos quase 15% da nação,  em torno de 25 milhões de cristãos?

Me esqueço de agradecer a Deus por tudo o que recebo. Nem lembro de agradecer a Deus por me tornar uma pessoa otimista ao passar por dificuldades. Somos consumidos por nossas causas e esquecemos da grandiosidade das coisas que Deus faz e nos inclui em tudo…

Anime-se! Renove sua maneira de ver e orar! Seja grato! Eu e você fazemos parte de um grande exército, como já falei,  mais de 25 milhões. E nesta noite posso acreditar que ainda muitos serão acrescentados neste exército por meio da pregação da Palavra de Cristo.

 Mas pelo que Paulo orava? 

  1. Crescimento no conhecimento de Deus (v. 9);
  2. Conduta Digna (v. 10);
  3. Por fortalecimento de Deus (v. 11).

É interessante observar que Paulo nunca orou para ser liberto da prisão. Não que isso seja errado pedir, pelo contrário, Deus deseja que levemos todas as nossas ansiedades para Ele. Paulo orava por fortalecimento do caráter de Deus na vida dele e das pessoas que estavam por perto, firmeza no amor e no testemunho, e agradecia muito por tudo o que ouvia a respeito dos atos de fé dos irmãos.

O grande desafio que surge é transformarmos nossas orações para serem mais parecidas com as ênfases dadas no Novo Testamento. Deus deseja transformar o enfoque de nossa oração:

  • Do material para o Espiritual
  • Do exterior para o Interior
  • Do transitório para o Eterno
  • Do pessoal para o Familiar e Comunitário

 Leia:  Colossenses 1.9-14 

1. Paulo ora por Crescimento no conhecimento de Deus (v. 9)

O jeito como alguém ora revela muito sobre a pessoa e suas vontades, ansiedades e ambições. 

A oração de Paulo revela o seu coração. Paulo orava para que os Colossenses tivessem a cabeça sadia em relação aos ensinamentos de Deus. Assim como nós, eles estavam sendo tentados por “religiões” afim de voltarem a praticar a idolatria entre outras práticas.

Ore a Deus afim de que Ele te dê o crescimento espiritual, afim de ter uma cabeça sadia, pensamentos e atitudes baseados nos princípios bíblicos.

Efésios 5.15  e Efésios 3.17 nos mostra que Deus espera de nós uma posição de sabedoria e a bíblia é repleta de versículos com a vontade de Deus para nós.

Comer lixo é certo?  Não! Todos sabem, mas muitos ainda insistem em comer… 

2. Paulo orava por uma conduta digna – dar frutos (v. 10)

No versículo 10 as palavras “crescendo” e “conhecimento” se repetem. Você ora pelo seu crescimento espiritual, ou pelo crescimento espiritual de seus filhos e amigos?

Paulo orava para que os Colossenses tivessem os pés firmes e as mão ocupadas, frutificando. “Viver de modo digno” é o resultado de uma vida vivida pelo poder de Deus e pela dependência de Deus. Andar digno significa ser equilibrado, ser constante e sincero (isso não é perfeição, mas um esforço).

Filipenses 1.27

O que constitui Fruto? Paulo define “digno” como sendo a produção de fruto (“frutificando em toda boa obra”).

a) Cristo em nós (produzindo fruto) (Jo 15:1,4,5—Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor . . . ) (10a)

Permanecer . . . comunhão . . . dependência . . . segurança.

Ficar tão ligados à Videira que a vida do Senhor Jesus Cristo flui através de nós para produzir fruto espiritual.  Cristo em nós produz o fruto de boas obras – atos de serviço, misericórdia, sobrenaturais, encorajamento, confrontação, o que for preciso na ocasião.  Uma sensibilidade à necessidade.

b) Crescimento em Intimidade com Deus (10b) já é um fruto da vida cristã.  O meu louvor,  a minha gratidão,  a minha presença satisfazem a Deus, mas o que ele mais quer é intimidade comigo. Paulo soube vivenciar isso muito bem! Quando somos íntimos de Deus sabemos o que Ele espera de nós e o seguimos e somos menos ansiosos.

Filipenses 3.8-10

c) Caráter Controlado (transformado) pelo Espírito Santo. (Gálatas 5:18ss) Será que a minha vida em Cristo está gerando fruto?  Se não, devo clamar a Jesus que a vida d’Ele seja manifesta através de mim . . . em casa, na escola, no serviço, no trânsito, nos esportes.

 3. Paulo Ora por fortalecimento de Deus (11)

O mesmo poder que ressuscitou Cristo Jesus dos mortos!  Assim como o poder de Deus foi manifestado na ressurreição de Cristo e a exaltação de Cristo, Ele quer canalizar seu poder em nós.  Este poder é para o homem interior, para a glória de Deus e não a nossa.

Uma surpresa no texto: Muitas vezes o poder de Deus manifesta-se em perseverança e longanimidade!  Em outras palavras, o poder de Deus manifesta-se em fraqueza, não na resolução de todos os problemas!  (2 Co 12:7-10)  Nós queremos ver resultados, transformações, fruto, mas muitas vezes está no interior de uma pessoa, onde Deus vê.

*Nas Olimpíadas, no levantamento de peso, parece fácil! É só  levantar e segurar alguns instantes. Mas o que realmente exige força, é ficar debaixo, segurando aquele peso!

Deus é glorificado pela perseverança: lit. “ficar debaixo das provações” do problema, pela dependência d’Ele em meio ao problema; “continuar em paz nas provações”  pela grande paciência (longanimidade) em suportar o problema pela Sua graça e pela fé!

*Paulo não ora para escapar das provações!

Deus é mais honrado quando descansamos em Seu caráter em meio ao problema do que quando escapamos do problema.  Exige verdadeiro poder para “ficar debaixo” do que para escapar.

Tiago 1:12 “Bem-aventurado o homem que suporta com perseverança a provação . . . “

A nossa tendência em todas essas situações é de reivindicar a bênção, que suponhamos ser o livramento do problema.  Mas talvez Deus queira ser glorificado pela sua dependência dEle em meio ao problema, descansando nEle, esperando nEle, perseverando por causa dEle.

Mas esse poder de Deus também atua em nós para nos transformar.  Se não muda as circunstâncias, pelo menos muda a gente:

Nem sempre conseguimos discernir quando Deus quer que fiquemos debaixo da provação, e quando a provação já é tentação que Ele há de providenciar um meio de escape . . . (Tg 1)

Conclusão (12-14)

Paulo termina essa oração como começou: com gratidão pelos Colossenses, e pela obra de Deus em suas vidas.  Ele continua boquiaberto pelas transformações realizadas por Deus na vida desses irmãos.  Agradeceu a Deus que lhes fez:

  • Herdeiros dos santos na luz
  • Libertos das trevas para o reino do Filho
  • Redimidos e perdoados pelo sangue de Jesus.

Para isso, Paulo sabe que a única maneira de superar a cegueira causada por esse mundo, pelo diabo, é pela oração.  Por isso sua oração deve ser a nossa.

Três Pedidos:        

  • Compreensão Espiritual   
  • Conduta Digna        
  • Capacidade Interior

Aplicação final:  Mas como implementar o que aprendemos?  Na prática, como podemos transformar nossas corações?  Confesso que estou ensinando essas verdades há muitos anos, mas continuo com orações egoístas, materialistas, terrestres.  Se não começarmos imediatamente . . . e continuar o hábito durante algumas semanas, voltaremos a mesma mediocridade em nossas orações.

Convictos de que só por Deus é que vamos descobrir quem somos e o que temos. . .

Gostaria de sugerir que:

  • Pais, orem por seus filhos pedindo que seus olhos sejam abertos a sua identidade em Cristo
  • Casais, orem um pelo outro, que superem os obstáculos da vida pela prática da fé e a piedade
  • Que a oração missionária faça parte de suas orações
  • Um esforço determinado para “elevar os olhos” e encarar realidades eternas, internas, espirituais . . . 

Viver digno de Deus requer uma compreensão espiritual da minha identidade em Cristo Jesus.  (Efésios 3.20 e 21)

 

Leia também:

Ou acesse a categoria “Mensagens”  para ler outros artigos.

Aniversariantes:
MAIO:
02/05 - Rose
07/05 - Bertha
15/05 - Calebe
16/05 - Beatriz J.
17/05 - Ernesto
23/05 - Igor
25/05 - D. Margarida
26/05 - Eduarda
27/05 - Vanilda
28/05 - Karen
28/05 - Lucas
28/05 - Leandro

DATAS COMEMORATIVAS:
01/05 - Dia do Trabalhador
12/05 - Dia das Mães
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 39
Usuários Online: 1
Seu IP: 54.146.98.143