Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo
Calendário 2017:
Ano do Compromisso com a Palavra

Individualismo X Interdependência

Pr. Jacson Irio Andrioli

Você já assistiu a um jogo de futebol ou qualquer outro jogo em que um jogador monopoliza a bola e não a passa aos companheiros? Por melhor que ele seja, uma boa defesa acabará por deter esse atleta que sofre de egocentrismo. Existe um bom motivo para ele ser parte da equipe: ele não consegue vencer sozinho! Muitos destes são conhecidos por “fominhas” ou individualistas!

De modo igual, a cultura do mundo coloca tanta ênfase sobre a individualidade, que muitas pessoas deixam ou se esquecem de viver em coletividade. Ao invés do trabalho em conjunto, grandes realizadores preferem atrair atenção para si mesmo, comprometendo o êxito do grupo, em sua busca por benefícios próprios.

As idéias sobre trabalho em equipe e interdependência não são novas. Há aspectos delas em todas as civilizações. A Bíblia reafirma frequentemente o valor do trabalho em conjunto. Considere alguns princípios do livro de Eclesiastes capítulo 4:

“É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas” (Eclesiastes 4.9).

A comunhão tem a ver com aquela relação pessoal que os cristãos gozam com Deus e uns com os outros, em virtude de serem unidos a Jesus Cristo. Quem estabeleceu essa relação foi o Espírito Santo, que habita em todo cristão, unindo-o a Cristo e a todos os que são de Cristo.
A comunhão cristã tem algumas características principais: comunhão espiritual ou a dedicação de um tempo para orar, estudar a Bíblia, adorar e partir o pão (At 2.42); compartilhar as necessidades materiais uns dos outros (At 4.32; 2 Co 8.3-4); cooperação na obra missionária (Fp 1.5); união e unidade quanto aos alvos e propósitos espirituais (At 2.46 e 2 Co 13.13).
O Trabalho em equipe nos capacita a vencer o fracasso. Ninguém é bem-sucedido o tempo todo. Na verdade falhamos mais do que obtemos sucesso. Quando falhamos – ou tropeçamos – é fundamental a presença de outros irmãos ao nosso lado para nos erguer, limpar-nos da poeira, encorajar-nos a tentar de novo e sugerir o que pode ter dado errado.

“Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se!” (Eclesiastes 4.10).

Atitudes isoladas limitam a produtividade. Trabalhar sozinho pode limitar a eficiência (e a criatividade) de uma pessoa. Quanto mais cabeças pensando mais idéias e opiniões surgem, assim podem encontrar soluções que, isoladamente, jamais se descobriria.

“E se dois dormirem juntos, vão manter-se aquecidos. Como, porém, manter-se aquecido sozinho?” (Eclesiastes 4.11).

1. Interdependência

Significado: Dependência mútua; reciprocidade de sentimentos, de serviços;
A força da interdependência não pode ser exercida isoladamente. Um cavalo é capaz de suportar certo peso, mas se colocado para trabalhar junto com outro, ambos poderão puxar muitas vezes mais carga.
Isso também é verdadeiro no ambiente cristão ou igreja, onde os desafios são muitas vezes impossíveis de serem alcançados por uma pessoa isoladamente.

“Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade” (Eclesiastes 4.12).

Assim é com a figura do “corpo”, que o Novo Testamento emprega como uma descrição da igreja. (Romanos 12. 4-8)
Assim como o corpo tem diferentes partes, assim também o grupo que pertence a Deus é composto de muitos tipos diferentes de pessoas: diferentes personalidades, capacidades, níveis de maturidade espiritual, formações. Entretanto, estas diferenças são insignificantes à luz da fé comum que partilhamos em Cristo.
Estas diferenças em Cristo Jesus se tornam realmente uma bênção, no que os cristãos são capazes de ajudar um ao outro de um modo complementar, em vez de todos serem exatamente idênticos. Viver em Interdependência significa que em tudo o que fazemos dependemos uns dos outros, não somos ilhas, mas parte de um corpo que vive e precisa de trocas e complementos uns dos outros. Minhas diferenças são compensadas pelas diferenças dos outros e assim sucessivamente.
Efésios 4. 15 e 16
A Interdependência tem outros sinônimos: Mutualidade cristã Servindo uns aos outros; Estamos juntos: … Seu significado vem de mútuo, recíproco, exercício da reciprocidade.

2. A Mutualidade Cristã

Mutualidade é um termo da língua portuguesa para descrever o dever que cada crente tem para com o outro, enquanto membro da família de Deus e partes uns dos outros, pois somos do mesmo corpo. Romanos 12.5.
Mutualidade origina-se da expressão bíblica uns para com os outros. Existem vários mandamentos de mutualidade no Novo Testamento, quero destacar alguns:

  • Amem-se uns aos outros (Rm 12.10)
  • Aceitem-se uns aos outros (Rm 15.7)
  • Saúdem-se uns aos outros (2 Co 13.12)
  • Cuidai uns dos outros (1 Co 12.25)
  • Sujeitem-se uns aos outros (Ef 5.21 -22)
  • Suportem-se uns aos outros (Cl 3.13)
  • Não tenham inveja uns dos outros (Gl 5.26)
  • Deixem de julgar uns aos outros (Rm 14.13)
  • Não se queixem uns dos outros (Tg 5.9)
  • Não mordam e devorem uns aos outros (Gl 5.15)
  • Não mintam uns aos outros (Cl 3.9)
  • Confessem os seus pecados uns aos outros (Tg 5.16)
  • Perdoai-vos uns aos outros (Tg 5.15)
  • Edifiquem-se uns aos outros (1 Ts 5.11)
  • Ensinem uns aos outros (Cl 3.16)
  • Encorajem uns aos outros (At 13.15)
  • Aconselhem-se uns aos outros (1 Ts 5.12)
  • Levem as cargas uns dos outros (Gl 6.2)
  • Hospedem uns aos outros (1 Pé 4.9)
  • Orem uns pelos outros (Tg 5.16)

3.A Interdependência e a Mutualidade são a base da vida comunitária da igreja

A igreja manifesta a sua comunhão com Deus, e entre os irmãos, por meio da mutualidade, e na dependência de um para com o outro.
Na vida comunitária as palavras independência e individualismo são mal vistas e seus frutos produzem a divisão e a insensibilidade às necessidades de meu irmão.

CONCLUSÃO

Precisamos combater a crise do individualismo e da independência na igreja e por que não dizer em nossa igreja.
O remédio para esta crise é compreensão da interdependência, onde cada indivíduo, eu e você,  somos membros uns dos outros e tudo o que fazemos afeta aos outros, bem como a prática da mutualidade, isto é, todos os irmãos envolvidos em servir uns aos outros. Todos participando de modo feliz e eficiente, dos ministérios coletivos da igreja. Cada cristão praticando o seu dom espiritual, como testemunha do grande amor de Deus manifesto por Jesus o cabeça de todos nós bem como o Senhor e salvador do Corpo.
Os cristãos devem possuir uma consciência de tal dependência e necessidade uns dos outros. Na verdade, devemos ser tão interligados que os cuidados com outras pessoas são os nossos mesmos;

“alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram” (Romanos 12.15)

A atração de uma igreja está também na maneira como os irmãos se relacionam. Lembre-se que uma pessoa sempre optará por uma igreja que o recebe bem. Ninguém consegue ficar numa igreja onde não se estabelece relacionamento ou amizade.

Acesse a página  MENSAGENS para ler outros artigos, estudos e mensagens. Temos muito conteúdo (são mais de 100 textos) para você conhecer e estudar sobre a Palavra de Deus.

Aniversários do Mês:
DEZEMBRO

01 - Brunilda
03 - Rubens
03 - Karol R.
06 - D. Ida S.
09 - Daiani
09 - Moisés
17 - Jane
18 - D. Marli
24 - Alexandre
25 - Kiko
25 - D. Tere
29 - Anna Herta
Datas comemorativas:
10/12 - Dia da Bíblia
19/12 - Emancipação do PR
25/12 - Natal
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2015:
34.165 visitantes
45.895 visitas

Ano de 2016:
61.631 visitantes
93.210 visitas
Visitantes hoje: 23
Usuários Online: 0
Seu IP: 54.221.93.187