Get Adobe Flash player
Nosso Endereço:
Rua Riachuelo, 693 - Ponta Grossa - Pr
Telefone: (42) 3224-1632
E-mail: recados@iecdpg.org.br
Localize no Google Maps
Assine por e-mail:

Digite seu endereço de email para assinar este site e receber notificações de novas publicações por email.

Pedido de Oração:
Pedidos de Oração
Previsão do tempo:
Arquivo

E Tudo Se Fez Novo…

(II Corintios 5.17)

Pr. Jacson Irio Andrioli

Este é o tema desta nova série de mensagens que quero compartilhar com vocês a partir da carta de Paulo aos Efésios, onde vamos ver sobre esta cidade e sobre o povo que se reunia na igreja que Paulo plantou, fundou edificou e cuidou, mesmo em prisões. Esta carta que Paulo endereça aos Efésios foi escrita em uma prisão que ficava em Roma, por volta do ano 62 depois de Cristo.

 

A cidade de Éfeso era uma cidade bastante grande, mas maior era sua importância para o Império Romano, pois Éfeso era uma cidade portuária, era um Centro Comercial.  Era uma cidade onde moravam muitas famílias de classe media e média alta, isso por observar as ruínas das construções que lá existem. Uma cidade que continha grandes pedras, determina que ali moravam grandes famílias e com poder aquisitivo alto, pois somente muitos escravos poderiam mover tamanho peso, são estas algumas das interpretações feitas pra determinar quem morava em uma cidade da antiguidade. Pedras pequenas e pouco trabalhadas, significava pessoas de pouco poder aquisitivo, pois elas mesmas faziam as suas casas, com pouco custo e poucos empregados.
Existia um grande anfiteatro, que comportava em torno de 35.000 pessoas, demonstra que além do grande poder aquisitivo, era uma cidade que tinha um nível cultural bastante alto.  Tinha outro local que chamava bastante atenção, existia um templo da deusa Diana, ou Artemis, este templo é uma das sete maravilhas do mundo antigo.  Era a deusa da fertilidade, existiam sacerdotisas “prostitutas” que sacrificavam seus corpos em detrimento à deusa.
Quando lemos a carta de Éfeso, vemos que esta cidade conquistou o coração de Paulo, ele passou por volta dos anos 50 depois de Cristo, ele fica pouco tempo, mas promete que vai voltar. Então,  dois anos depois,  ele volta na sua terceira viagem missionária e fica ali por mais tempo, fica três anos.
Esta cidade foi uma exceção, onde Paulo ficou mais tempo que em outras cidades, ali ele ficou ensinando e instruindo varias pessoas,  deixou uma igreja montada e um legado, a salvação em Cristo Jesus, a mensagem do evangelho, alimentou as pessoas e as deixou…
Esta carta que Paulo envia a estes cristãos contém instruções densas, instruções para quem já tinha uma maturidade na fé. Mas também fala da prática da vida de fé no evangelho salvador de Cristo em todos os aspectos: família, negócios, comportamento e relacionamentos.  Mas hoje quero iniciar falando sobre um começo, uma nova visão da nossa história, olhando para estes versículos.
No primeiro capítulo, versículo 3 em diante, Paulo nos convida a termos uma nova perspectiva e olharmos diferente para nossa história, para a história da humanidade, mas com Cristo sendo o centro da história, e não o ser humano que foi promovido pelo humanismo dos séculos passados. Deus sendo o centro da história, transformando a história de caos para uma ordem, para um bom termo, para a eternidade.
 Ler o texto… Efésios 1.1-14

Versículo 3
Deus na eternidade derramou sobre nós todas as bênçãos espirituais.

a. Deus é a fonte de todas as bênçãos
Mesmo que você não creia, isso não significa que Deus não tenha derramado bênçãos sobre sua vida.  Mesmo que você olhe ao seu redor e analise sua vida e diga: Deus não está agindo coisa nenhuma. Mas ele está!!! Ele está derramando bênçãos sobre sua vida!!!
 
b. A natureza das bênçãos de Deus é plena e é espiritual, ele não quer nos tornar ricos, mas ricos espiritualmente. O foco de Deus é a nossa espiritualidade, e não as nossas riquezas ou sucessos profissionais… Veja uma coisa, os nossos bens passam, o nosso dinheiro acaba assim como nosso sucesso, mas o nosso relacionamento com Deus jamais acaba, é eterno!!! Aleluia!

c. Jesus é o meio para que todas as bênçãos cheguem até nós. ( João 14.6)
Leia esta carta com muita atenção e perceba algumas expressões, como por exemplo: “em Jesus”. Esta expressão se repete muitas vezes. O versículo que estamos falando termina com esta expressão. Se eu e você compreendermos quem Jesus é, porque Ele veio e o que Deus pode fazer por meio dele para cada um de nós, nós estamos livres de muitas coisas, como por exemplo: horóscopo, previsões futuristas e cabalistas. Você não precisará mais se preocupar…

Lembra daquele hino antigo que diz: “o meu trabalho é descansar em Deus”?  O meu trabalho e o teu trabalho é crer nestas bênçãos eternas e desfrutar de cada uma delas…  “Infinitamente mais do que pedimos ou pensamos…”
Em Éfeso houve algo bastante interessante, as pessoas se juntaram e queimaram todos os livros de magia, de auto-ajuda de simpatias, pois elas haviam compreendido que em Cristo elas teriam estas bênçãos eternas.
Talvez isso possa nos levar a um entendimento…  Você conhece os livros do Augusto Curi? São bons, falam à nossas almas, este autor é cristão e tudo mais…
Mas chegou a um ponto que “se Deus não Cura, Augusto Curi!” Já li os livros dele e uma realidade me veio ao entendimento, ele só romantiza e trabalha com as palavras bíblicas, mas muitas vezes fala do que estamos querendo ouvir. Sendo assim é preferível ler a bíblia que me falará retamente ao coração e me levará a entender o que preciso em Cristo Jesus.
Paulo fala que Deus nos abençoou no:
   Passado
   Presente
   E nos abençoará no futuro.
* O Deus Pai nos escolheu no passado, nos predestinou (não quero entrar no mérito desta explicação, pois já vimos isso na Escola Bíblica há alguns meses atrás).
Uma analogia que ouvi do Pr. Marcelo Agreste sobre este tema: sabe aquelas balas duras, tem muitos que colocam uma destas balas na boca e sem paciência saem mordendo e infelizmente quebram o dente.  Já os pacientes seguram a bala na boca deixam ela derreter e depois mastigam experimentando o sabor agradável e refrescante da bala por que ela é recheada. Assim é a doutrina da eleição ou predestinação.  Por fora ela é dura e se você não se cuidar vai quebrar o dente, mas se esperar um pouco vai descobrir que o recheio é muito bom que satisfaz, que nos alegra…

Dimensões da bênção
V. 4 e 5
Dois verbos: escolher e predestinou.  Ele nos escolheu e nos predestinou para sermos adotados como filhos. Em outras palavras Paulo quer falar que antes da fundação do mundo, Deus olhou pra nós e nos amou. Paulo fala que Deus nos amou e nos trouxe para si e ponto final.
Esta doutrina pode te trazer dois tipos de sentimentos:

Dúvidas e questionamentos ou alegria e segurança

Estas são as escolhas que eu e você podemos fazer, eu prefiro crer e desfrutar da alegria e segurança de saber que desde a fundação do mundo Deus me amou e hoje eu sou salvo.
Os anjos há muito tempo já dizem e confirmam que Deus é Santo, Santo, Santo, Justo, Justo, Justo.  Agora,  eu e você somos limitados e descrentes, sendo assim creia e se alegre que Deus te ama.

* O propósito de Deus com isso é:

 E isso tudo é para o louvor da Glória da sua Graça v. 6
 Em Jesus, o amado!!!
 Efésios 1.12 e 14
 
Os nossos pais (Adão e Eva) foram colocados diante de uma árvore, e Deus lhes falou que se comessem dela morreriam. O que eles fizeram? Romperam com Deus e comeram da árvore.  O resultado disso foi morte, morte espiritual, e Paulo está refletindo junto conosco o quê? As bênçãos eternas, para  não morrermos como nossos pais morreram.
Existe Lúcifer, que é um promotor da morte. Ele fica nos tentando a falar que temos o DNA de nossos pais (Adão e Eva), mas aí você lembra que Deus nos amou desde a fundação do mundo. E diz para Lúcifer, eu dei um novo Adão, Jesus, que permaneceu fiel, que não se desconecta do Pai, que vence a tentação e a morte.  Jesus merece a vida,  mas paga a nossa dívida, cumprindo a nossa condenação de morte.
Preste a atenção em um fantasma que vai rondar nossos pensamentos:
“Será que sou eleito, será que sou predestinado?”
O livro de Romanos fala que não há ninguém que busque a Deus.  Este é momento de perceber que se esta dúvida se faz aí dentro de seus pensamentos, é um sinal que Deus está indo ao seu encontro, está movendo coisas aí no seu interior…
 
* O Deus e Pai nos abençoa no presente nos redimindo e nos perdoando em Jesus.
v. 7
“colocar em liberdade, pagar fiança/divina, liberar da prisão.”
O que eu sou é fruto da graça de Deus! Pois a minha vida era desregrada, desorientada e eu não queria Deus, mas ele me amou e hoje eu estou aqui, assim é com você também!!!
“Deus nos deixa ir, libertos da culpa, do débito, deixando para trás tudo de errado em Jesus.”
Nossas vidas estão cercadas de “Jesuscidências”.  Estar aqui não é por acaso, voltar pra igreja não é por acaso, deixar o pecado e as antigas práticas não é por acaso, e muito menos por sua própria vontade, mas sim por intervenção divina… 
O Propósito de Deus é tão grande, veja o versículo 12
* O Deus e Pai nos abençoará no futuro, pois fomos selados e temos a garantia.
V. 13 e 14
Deus pensa em cada um de nós desde a antiguidade, pensa em nós no presente e tem planos para nós no futuro. Que nossos atos na igreja, na sociedade na família reflitam a glória de Deus.
O que somos ou deixamos de ser é para a Glória de Deus.
Paulo fala de uns detalhes bastante importantes para nos apropriarmos das bênçãos espirituais. Para vivermos uma vida plena precisamos:
   Ouvir quem é Jesus;   
   Ouvir o que Jesus fez;
   Não basta ouvir, mas é necessário Crer.

Irmãos,  Deus não ouve suas orações por que você é bonzinho ou por que  tem lido a Biblia, mas porque existe uma entrega envolvida, e esta entrega é a própria vida de Jesus na Cruz para pagar o preço dos nossos erros. Deus não nos abençoa por que ele vê que nós somos honestos ou coisa parecida, mas ele nos abençoa para louvor de sua Glória e por causa de seu grande amor para conosco, desde a fundação do mundo.
Deus te ama porque ele te vê através de Jesus. E é por isso que nós chegamos a ele e o chamamos de “PAI”, é na Cruz que isso é possível a cada um de nós.

Para Pensar e Refletir:

 1º Olhe para a história de sua vida compreendendo a centralidade de Deus;
 2º Viva a sua vida em profunda gratidão para louvor da glória de Deus.
 3º Tenha certeza de que foi escolhido, perdoado e selado por Ele e para Ele.

Somos selados porque pertencemos a Deus, temos a garantia de que ao fecharmos os nossos olhos naturais, estaremos na presença do Pai, na casa celestial dele.
Mas eu e você não vemos este selo, mas Deus vê e sabe que somos dele, e o mais importante é que o mundo espiritual vê e sabe… Opa este é selado por Deus, não podemos mexer. Este selo é a garantia de que vamos receber nossa herança.
Creia você foi criado por Ele e para Ele.
Olhe para sua história e veja a plenitude das bênçãos de Deus para sua vida…
Quando os nossos olhos se abrem para esta realidade, não dá pra viver a vida da mesma forma, seremos conduzidos a deixar nossos amuletos aos pés da cruz e depender unicamente do Senhor.
Leia o texto durante a semana e seja edificado mais…

Aniversariantes:
JULHO:
01/07 - Reginaldo
02/07 - Alice
02/07 - Dejanira
04/07 - Marcia
05/07 - Nelci
07/07 - Floriza
08/07 - Ingrid
18/07 - Jô
19/07 - Candida
22/07 - D.Ilda
22/07 - Lucas F.
27/07 - D.Elvida
28/07 - Daniel
30/07 - Rodrigo T.
DATAS COMEMORATIVAS:
Estatísticas do site:
Site criado em 23/02/2007.

Ano de 2017:
114.003 visitas
Visitantes hoje: 61
Usuários Online: 0
Seu IP: 3.228.220.31